Os primeiros cuidados com a roupa do bebê

Oi Amores, tudo bem?

Das partes mais deliciosas da gravidez, comprar as roupinhas do bebe estão entre os top 5. Não há sensação melhor que escolher aquelas mini roupas e ficar imaginando o pequeno (a) usando quando nascer. Mas junto com isso vem a preocupação de como cuidar dessas roupinhas. Por esse motivo vim aqui contar a minha experiência nessa tarefa e dar dica de produtos que estou amando.

Depois que terminei de comprar a maior parte do enxoval comecei a pesquisar qual a melhor maneira de lavar e guardar as roupinhas, mantas, lençóis e por ai vai. Mesmo com algumas pessoas me falando que eu precisava lavar logo as coisas e dando dicas, resolvi fazer tudo com calma e organizar com tranquilidade afinal não sou muito fã da correria. Para facilitar a minha vida decidi separar as roupas por  modelo (body manga curta, manga comprida, macacão e por ai vai) e aproveitei também para separar as gavetas por tamanho (RN, 0 a 3 e etc), assim deixo todos os tamanhos no mesmo lugar e não preciso ficar procurando.

Ai chegou a hora de lavar as roupas e uma coisa que levei em conta antes desse processo foi de tirar as etiquetas, tenho a sensação de que elas incomodam e irritam a pele do bebê. Mas antes de tirar fui olhando direito os tamanhos e vendo o guia de lavagem, já que algumas roupinhas só podem ser lavadas a mão e outras não podem ser passadas. Com isso fui separando por pilhas assim não ia correr o risco de confundir os tamanhos e nem de estragar as roupas mais delicadas.

Corri para o mercado para escolher o sabão para a lavagem. Essa é uma etapa muito importante, já que não se deve lavar roupas de bebê com o mesmo sabão que usamos para as nossas roupas pois a pele deles é mais sensível e são mais sucetíveis a ter alergia a esses produtos. Então a escolha deve sempre ser para sabão especial para roupas de bebê, esses costumam ter menos química e são testados dermatologicamente. Mas notei que existem poucas opções de sabão dessa categoria, o que torna a escolha mais fácil ou difícil dependendo do caso.

Duas coisas importantes pra mim são a durabilidade e o cheiro do produto. Confesso que eu tinha a ideia de que sabão de bebê teria aquele cheirinho gostoso de neném, mas me enganei um pouco rss. Ai nessa busca acabei achando o OMO para roupas delicadas, como já uso OMO aqui em casa e gosto muito resolvi optar por ele e em paralelo comprei também o amaciante Comfort para roupas de bebê. Esse foi novidade para mim, não sabia que existia amaciante especifico para as mini roupas.

roupa_bebe

Depois de tudo escolhido fui lavar as roupas da Luíza e tive uma ótima experiência com os dois produtos. Achei que lava super bem e o sabão rende muito, aqui em casa geralmente lavo as roupas dela umas 2 vezes por semana e esse frasco durou um mês e meio já o amaciante durou uns dois meses. A quantidade eu uso a sugerida na embalagem.

Sobre o cheirinho deles eu posso dizer que gostei bastante, apesar de não ser aquele cheirinho característico de roupinha de bebê. O OMO tem um cheirinho mais suave, mas o Comfort tem um cheiro mais marcante assim como todos os outros amaciantes da linha. Como gosto de cheirinho de amaciante eu não me incomodei e a Lulu também não reclamou.

Depois de lavar as roupinhas pela primeira vez, dizem que é importante passar para matar as “bactérias” que ficaram. Na dúvida resolvi passar todas, mas confesso que só faço isso nas roupinhas novas que ela ainda não usou, de resto eu só lavo mesmo na maquina e deixo secar no varal. Aliás nessas eu descobri que passar roupa de bebê é muito mais difícil do que passar as nossas, eu definitivamente não tenho essa habilidade. rss

Depois disso é só guardar as roupinhas com cuidado, e aquelas mais delicadas ou de lã é bom lavas naqueles sacos de roupas delicadas sabe?

De resto é só aproveitar o cheirinho de roupinhas que fica pela casa!

Espero que tenham gostado das dicas, logo mais vem mais resenhas por aqui.

 

*esse post é public, é apenas uma resenha pessoal

Anúncios