Chips de Mandioca

Enfim o dia do Happy Hour chegou! Dia de comer petiscos e jogar papo e risadas fora!!!

Ontem fiz uma experiência que deu super certo então já compartilho com vocês!

Tá sobrando aquela mandioca e você não sabe mais o que fazer além de purê? Não se preocupe! Seus problemas acabaram! HAHAHAHAHA

Fiz chips de mandioca super rápidos e crocantes! ótimo pra acompanhar aquela cervejinha ou substituir aquela fritura!

Ingredientes:

  • Mandioca
  • Sal e pimenta à gosto

Corte a mandioca descascada bem fininha, se achar melhor usar o mandolin é mais fácil. Então você coloca no prato do microondas um papel toalha e os pedaços da mandioca em cima. Deixar cozinhar por 1 minuto. Depois disso leve ao forno para dar aquela tostadinha. No meu mini forninho elétrico entre 5 a 7 minutos já ficou bem crocante! Aí você vai olhando porque depende da espessura de cada fatia e cuidado pra não queimar! Salpique sal e pimenta e umas salsinhas pra decorar!

Pronto, viu que fácil?!

 

Anúncios

Batida de Uva

É sexta feira!!! Finalmente! Não sei pra vocês, mas pra mim essa semana pareceu uma eternidade!

Pra comemorar o Happy Hour hoje vamos de batida de Uva!!

É um drink super fácil de fazer e fica uma delícia!

batida_uva

Ingredientes:

  • 1 xícara de vodka
  • 1/2 caixinha de leite condensado
  • 2 xícaras de suco de uva integral (sem açúcar)
  • Gelo à gosto

Agora é só bater tudo no liquidificador e pronto!

Divirta-se e faça bastante batida, porque acaba rápido! hehehe

Uma ótima sexta e um ótimo fim de semana a todos!!

Barquinhas de Batata

Oi amores, tudo bem?

Nesse fim de semana fiz uma versão das deliciosas Potato Skins mas mudei um pouquinho o recheio e servi de entrada em um jantar que fiz pro marido, ele é um grande fã dessas batatas.

Como foi super aprovado por aqui resolvi mostrar essa delícia para vocês, é uma ótima dica para servir de entrada ou de petisco em uma happy hour em casa.

Vamos a receita que a semana começou agitada por aqui!!

barquinha_batata

Ingredientes

  • 8 batatas médias
  • 100g de queijo muçarela
  • 100g de queijo provolone
  • 100g de peito de peru
  • orégano e pimenta do reino a gosto

Lave bem as batatas e cozinhe-as com casca até que elas fiquem al dente, cozida mas um pouco durinhas para que elas não desmanchem ao levar para o forno.

Escorra e corte as batatas ao meio.

Com a ajuda de uma colher retire o centro das batatas para que possa colocar o recheio,  elas precisam ficar com formato de barquinhas.

Tempere com sal e pimenta e passe um pouco de manteiga nas bordas das batatas e coloquem em uma assadeira virada para baixo, com a casca virada para cima, e leve ao forno pré aquecido a 180º para que as bordinhas dourem (mais ou menos 15 minutos).

Depois que dourarem vire as barquinhas para cima e recheie com os queijos, as fatias de peito de peru e tempere com orégano. Leve ao forno até que os queijos derretam, retire do forno e sirva.

Dica: você pode servir as Potato Skins acompanhadas de molho Sour Cream (veja a receita aqui).

Uma ótima semana a todos e aprecie essa delícia!!

 

 

Batatinhas com Patê de Ervas Finas

É sexta feira! É sexta feira!

Dia de ir no happy hour e de bebedeira!

Masssss… para não ser forte a bebedeira, sempre é bom comer uns petiscos junto não?!

Vamos inovar um pouco com os petiscos e fazer uma versão mais refinada pra servir e comer em casa.

A pedida de hoje é a mini batatinha com recheio de patê de ervas finas.

Vamos à receita então…

Ingredientes:

  • 10 mini batatas (as menores que você encontrar)
  • 200g de creme de ricota
  • 1 maço de coentro ou salsinha
  • Ervas finas desidratada
  • 1 pitada de pimenta Piri Piri (ou se não tiver use a calabresa mesmo)
  • 1 dente de alho picado ou moído
  • Sal, Pimenta do reino e azeite à gosto

Primeiro lave bem as batatas (vai usar a batata com casca) e coloque-as em água fervente até cozinhar, mais ou menos uns 10 min.. Teste com um garfo, se entrar fácil está pronta, não pode ficar muito mole pois senão não dá pra fazer. Neste ponto retire-as da água fervente e dê um choque térmico em água gelada, para parar o cozimento. Tente resfriar rápido, trocando a água para que não fiquem mais moles.

Enquanto a batata esfria, vamos fazer o patê de ervas finas. Em um pilão macere as folhas do coentro até que vire uma pasta, acrescente o alho e um pouco de azeite e macere um pouco mais. Misture todos os ingredientes no creme de ricota e misture até ficar bem homogeneizado. Você pode fazer com as ervas que gostar mais, frescas ou não.

Agora é só pegar as batatinhas, já frias, corte um pouco da base, para que ela fique em pé, corte a tampa e com um boleador ou colherinha, retire a massa da batata fazendo um buraquinho. Se achar que a batata é grande, corte-a ao meio. Recheie com o patê e coloque num recipiente com uma camada de sal grosso. O sal grosso dá um charme na hora de servir e fica bem gostoso.

 

Caipiroska de Laranja

Hoje é dia de Happy Hour e nada melhor do que drinks para divertir a noite!

Eu sou fã da vodka, então resolvi fazer uma caipiroska de Laranja Bahia! Aproveitei e dei uma enfeitada com um guarda chuvinha e pedaços da laranja!

Vamos lá então pra diversão…

Ingredientes:

  • 1 laranja Bahia bem madura
  • 100ml de vodka 9 ou mais conforme sua preferência
  • 1 sache de adoçante
  • Gelo

Tire a casca da laranja, só não tire da ponta porque esse pedaço vai servir na decoração do copo. Corte a laranja em pedaços e coloque na coqueteleira. Amasse bem para tirar todo o suco, acrescente os outros ingredientes e chacoalhe bem.

Das pontas com casca corte triângulos para colocar na lateral do copo.

E pronto! faça de diversos sabores, mas sempre beba com moderação! Ah e não dirija depois de beber!

 

 

Bolinho de Carne Seca e Mandioca

Gente estou com pensamento de gordinha pros Happy Hours. E hoje se iniciam os trabalhos pros HH da semana!

Outro dia fiz um bolinho de carne seca para o marido, e pra mim claro, que ficou muito bom e foi muito fácil de fazer. Mas fiz um bolinho diferente, sem recheio, na verdade fica inteiro com carne seca, mais carne seca do que mandioca.

Pra facilitar utilizei produtos prontos já, como a carne seca cozida e desfiada e a mandioca cozida também que vende no mercado.

Ingredientes:

  • 400g de carne seca cozida, dessalgada e desfiada (usei a marca Vapza)
  • 500g de mandioca cozida (usei da Vapza também)
  • 1 colher de manteiga
  • 2 colheres de farinha de trigo
  • 1 tomate picado em cubos finos
  • 1 cebola grande cortada em cubos finos
  • 1 ramo de salsinha picada
  • 2 dentes de alho picados
  • Sal e pimenta do reino à gosto
  • Azeite
  • Ovo para empanar
  • Farinha de rosca para empanar

Primeiro a gente faz o que seria o recheio. Refogar a cebola, alho e depois o tomate para dar aquela derretida. Acrescentar a carne seca sem a salmoura (o líquido) que vem dentro do pacote, escorra bem pra não ficar aguado. Acerte o sal e pimenta à gosto e acrescente a salsinha picada. Esta parte já está pronta.

Agora tire a mandioca da embalagem e coloque no microondas para esquentar e amolecer um pouco, coloque de 1 em 1 minuto até quando achar que está bom. No meu micro foram 2 minutos. Acrescente a manteiga e misture. Depois esprema com espremedor de batatas. Tire aqueles fios durinhos da própria mandioca para não atrapalhar na hora de comer. Acerte o sal à gosto. Depois misture esse purê de mandioca com a carne seca refogada e temperada. Deixe esfriar. Acrescente a farinha de trigo. Na hora de fazer os bolinhos esta massa toda não pode grudar a mão, se precisar coloque mais farinha.

Para empanar faça as bolinhas da massa toda, passe no ovo e depois na farinha de rosca.

Frite em óleo quente e pode Chamar o pessoal pra comer. Se gostar de uma pimentinha, vai muito bem.

**Esta receita rende 20 bolinhos de tamanho médio. Pode ser congelado.

 

Bardega, um Happy Hour diferente!

Ahhhh a sexta-feira!!! O dia em que acordamos já pensando no final da tarde!

Hoje é dia de sair, descontrair e iniciar os trabalhos do final de semana!

Vou dar hoje uma dica de um happy hour diferente! Fui, no final de semana passado, num bar de vinhos o Bardega Wine Bar, em São Paulo. Já tinha lido sobre o conceito da casa e como eu amo vinho juntei a turminha de sempre e fomos conhecer esta Adega vestida de Bar.

Pra quem gosta de novidades, como eu, vai adorar o conceito desta nova casa em SP que tem uma decoração muito aconchegante à meia luz e som ambiente.

O conceito de degustação de vinhos dos mais variados rótulos, qualidades e valores se torna possível através de um equipamento bem novo, trazido ao Brasil que é a Enomatic. São 12 máquinas no total e elas são geniais! Conservam a bebida e suas características, liberando somente a dose que o cliente deseja. Você pode escolher dentro das opções de aproximadamente 100 rótulos de vinhos do velho mundo, novo mundo, brancos, sobremesas e champagnes (devo estar esquecendo mais algum tipo, pois são muitos) a dose que quer degustar entre 30, 60 e 120 ml.

Um sistema interativo, onde na entrada você recebe um cartão com um chip que você mesmo utiliza indo até as máquinas e escolhendo o vinho que deseja degustar, e assim os valores vão contabilizando no seu cartão individual.

Eu experimentei doses de 30 e 60 ml de vinhos da Itália, França e o que mais gostei de Portugal chama-se Quinta do Perdigão Reserva 2006. Não sou enóloga, então não consigo passar a vocês detalhes técnicos, mas sim foi o que me agradou mais o meu paladar.

Enquanto escolhemos vinhos e degustamos, pedimos alguns pratos da casa. Eles têm um conceito de degustação até na parte da comida, onde na verdade você não vai jantar no Bar e sim degustar acompanhamentos feitos para harmonizar com os vinhos.

Pedimos uma porção fria de uma seleção de 7 tipos de queijos acompanhados de geléia de frutas vermelhas, damasco e pimenta. Você consegue sentir realmente as diferenças dos vinhos com cada tipo de queijo, como brie, parmesão, roquefort, entre outros. Além de a apresentação ser muito fofa e sofisticada.

Outro acompanhamento que pedimos foi o Bolinho de Panceta com conserva de pimenta Cumari. Que delícia de bolinhos, sequinhos e com bastante panceta para nos deliciarmos. A conserva tem um toque adocicado, o que faz com que não seja um trabalho doloroso e ardido, morder as pimentas com o bolinho.  Não tenho fotos para mostrar pois ficaram tremidas e muito escuras.

Resumindo a experiência, é um lugar muito diferente, que adorei. Não é dos mais baratos (em média R$ 90 por pessoa), mas vale a pena conhecer e se divertir com os amigos!

Aproveitem o final de semana para entrar neste mundo dos degustadores de vinhos!

Deixe seu comentário, perguntas ou sugestões, ficaremos felizes em responder!