Farofa de Banana

Oi Amores, tudo bem?

Nada mais gostoso nesse verão que juntar os amigos para fazer um churrasco não é?

Agora imagina fazer um churrasco no primeiro fim de semana do ano só para celebrar a amizade e se divertir. Pois é mas além de muita carne gostosa não podemos esquecer dos clássicos acompanhamentos como aquela vinagrete, o pãozinho de alho e a farofa. Ah a farofa!

Não sei vocês mas aqui em casa somos apaixonados por farofa, tanto que ela está presente em quase todas as refeições por aqui. Já repararam que esse acompanhamento super versátil, pode ser feito com diversos tipos de farinhas e ingredientes e fica sempre muito gostoso?

É aquela receita que quase não dá para errar.

Por esse motivo a receita de hoje é a deliciosa Farofa de Banana, adoro a mistura agridoce mas nunca havia feito com farinha de mandioca bitu (que é geralmente a farinha que uso para as minhas farofas aqui em casa). Enfim o que acontece é que ficou tão gostoso que resolvi compartilhar essa receita com vocês e pode ter certeza que combina absurdamente com carne vermelha e com peixe também.

Bom chega de bla bla bla e vamos a receita?

farofa_banana

Ingredientes

  • 3 bananas nanicas
  • 2 ovos
  • 150g de bacon
  • farinha de mandioca biju
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho esmagado
  • 2 colheres de manteiga
  • azeite
  • sal e pimenta do reino a gosto

Corte as bananas em cubinhos e reserve.

Em uma frigideira média coloque o bacon cortado em cubinhos e doure-os. Depois que já estiverem dourados separe em um pratinho para usar mais tarde.

Refogue a cebola e o alho na gordura do bacon e na mistura de manteiga com azeite.

Quebre os ovos e mexa como se fosse fazer ovos mexidos sabe?

Acrescente as bananas, o bacon e a quantidade que desejar de farinha.

tempere com sal e pimenta do reino e agora é só servir!

Aproveite essa delícia e um ótimo churrasco!

Anúncios

Costela ao Barbecue

Olá meus queridos!!!

Essa receita de hoje foi testada algumas vezes para ficar no ponto certo! Sabe aquela costela de boi que fica desmanchando só com o garfo?! Então.. finalmente consegui fazer!!! e o melhor, não é só a costela suína que fica boa com molho barbecue por cima a de boi fica sensacional!!!

O Macete mesmo para ela ficar molinha eu conto mais embaixo na receita…

Ingredientes:

  • 1 kg de costela de tira bovina
  • 1 kg de cebolas
  • Molho Barbecue (de qualidade, achei um pronto Jack Daniels e foi o que usei)
  • Sal e pimenta à gosto

Tempere a carne com sal e pimenta.

Agora vamos aos macetes. Corte as cebolas em rodelas grossas. Forre a panela de pressão com uma cama de cebolas, por cima coloque a costela, outra camada de cebolas e mais uma de costela ou até acabar. NÃO COLOQUE ÁGUA senão a carne fica dura. Essa quantidade de cebola é justamente para que a água saia dela e não precise colocar na panela. Tampe e conte 30 minutos da hora que começar a chiar (no caso daquelas panelas mais antigas) ou 30 minutos direto (no caso das panelas modernas).

Depois disso, coloque as costelas numa assadeira e leve ao forno (já pré aquecido e se for elétrico mais perto da resistência de cima) para dourar, nisso pincele o barbecue. Ela só ficará lá para dourar, então não deve deixar muito tempo para que não fique seca também.

Pronto! agora é só saborear.. inclusive as cebolas que viram um purê caramelado delicioso!

Molho de Alho

Olá people….

Este final de semana assamos uma carne da churrasqueira, pra variar! Quiz fazer um molhinho tipo maionese para colocar nas carnes e legumes. Lembrei que uma vez fui num churrasco com um churrasqueiro profissional e tinha um molhinho de alho delicioso. Não peguei a receita, mas tentei fazer do meu jeito e deu super certo!

Fácil de fazer e ficou uma delícia!

Ingredientes:

  • 1 ovo
  • alho poró (utilizei uns 3 dedos do talo)
  • 1 colher de sopa de alho picado
  • 1 colher de chá de vinagre branco
  • óleo
  • sal e pimenta à gosto

Colocar no liquidificador o ovo, o alho poró, o alho, e o vinagre. Bater até misturar tudo. Aí você vai fazer igual maionese caseira, ligar o liquidificador e retirar o meio da tampa e ir acrescentando o óleo em fio. Vai batendo até que fique na consistência que você gosta. Para dar um toque mais gostoso você pode colocar azeite no lugar do óleo mais no final quando ver que o molho já está engrossando.

 

Dica de Viagem: Montevideo (Uruguay)

Porque hoje é quinta, hoje é dia de dica de viagem!

Vamos hoje passear em uma das cidades mais encantadoras da América do Sul: Montevideo, a capital do Urugay!

Apesar de eu ter ficado super pouco (tive problemas de atraso nos aeroportos que acabei perdendo 1 dia e meio da viagem) já consegui me encantar pela cidade! É muito limpa e bem arrumadinha! Ainda mais por beirar o Rio da Prata, parece que estamos na beira da praia!

Fiquei no no Hotel Ibis que fica na Rambla e pertinho da Ciudad Vieja. E demos muita sorte de no primeiro dia encontrar um dos melhores restaurantes de carne que já fui!

La Cocina de Pedro (aqui tem o site deles)

Um restaurante muito charmoso, com muitas opções de Parrillas e vinhos deliciosos e tudo por um valor muito justo! Gastei bem menos do que em qualquer restaurante do mesmo nível de São Paulo. Foi lá que fiquei fã do vinho de uva Tannat.

Nós pedimos, claro, uma parrilha que vem com tudo – carne, salmão, legumes – e também um outro prato que tinha um enorme bife ancho e batatinhas e cebolinhas ao forno! Simplesmente uma delícia! Vale a pena ir lá!

Outro lugar que vale a pena ir almoçar e passar algumas horas degustando tudo é o Mercado del PuertoGente aquilo lá é a perdição para os carnívoros e os degustadores de plantão! Você entra lá e tem milhões de opções de lugares pra comer e o melhor é que você vê as carnes sendo grelhadas na sua frente e escolhe o que mais te apetece!

Eu fui no restaurante El Palenque (aqui está o site deles)

Essa é a grelha que eles fazem as comidas. Eu preferi ficar no balcão do que numa mesa normal pra justamente poder ficar babando nessas carnes!

Além, claro, de um bom vinho pedimos (meu marido e eu) um Bife Ancho con Hueso (ponta do contra filé com osso). Simplesmente veio quase que um filé de Brontossauro de tão grande que era, ainda com fritas! O bom é que dividimos porque eu sozinha não ia conseguir comer, aí pudemos pedir umas linguiças e outras coisas para provar! Simplesmente Sensacional!

 

Depois disso tudo o melhor é voltar andando para a Ciudad Vieja e curtir os monumentos no caminho de volta e fazer a digestão! hehehe

Bem nessa praça (que eu não lembro o nome) no caminho de volta tinha uma barraquinha vendendo sorvetes que pelo amor.. eram deliciosos! De massa parecendo os italianos de verdade! Pena que devorei antes de tirar uma foto!rs

O legal da cidade são os contrastes dos prédios novos e dos antigos! Mas é uma cidade muito gostosa para se fazer a pé, andando e viajando nos pensamentos!

Espero que tenham gostado e aproveitem as dicas! Porque com certeza eu volto para curtir mais essa cidade gostosa!

Dica de Viagem: La Parilla de Tony (Bariloche)

Hoje é dia de dica aqui no Blog, estou aproveitando que a temporada de neve está em alta aqui na América do Sul para dar a dica de um lugar que fui na temporada do ano passado e adorei a comida!

Fui para Bariloche pela primeira vez no ano passado para finalmente esquiar e ver a neve!!Ieiiiii tava fissurada nisso.

Dentre a semana que fiquei por lá fui em vários restaurantes e um dos meus favoritos foi o La Parrilla de Tony!

O Lugar é bem charmoso no estilo cabana o melhor de tudo é que não é caro não, já que comer em Bariloche sai meio carinho. Pra quem vai esperando preços parecidos com os nossos não se engane porque é mais caro.

Meu marido e eu pedimos a famosa Parrilla de Cordeiro e foi simplesmente sensacional! A carne é maravilhosa e vem muita coisa! Como somos carnívoros de carteirinha comemos até empanturrar!hehehe

A parrilla vem numa tábua de madeira mesmo pra você já cortar aí!

Agora você pensa que vem somente esta quantidade? Aí que vem a surpresa, são mais ou menos três tábuas dessas que eles vão trazendo durante da refeição ao longo que a carne fica pronta para sempre estar quentinha e no ponto.

O melhor ainda é acompanhar esta parrilla com o molho Chimichurri que é uma delícia, o melhor que já havia comido! Para quem não conhece é um molho tradicional da Argentina e Uruguai para acompanhar carnes. É uma espécie de vinagrete picante à base de coentro, alho cebola, tomilho, orégano, salsão, pimentão e várias outras ervas com azeite.

E você ainda vai adorar a cidade que é bem charmosa, fica rodeada por lagos como o Nahuel Huapi e por Cerros onde ficam as estações de esqui! A paisagem, as belezas naturais são de tirar o fôlego, mas não esqueça de levar roupas próprias para aguentar o frio de lá se for no inverno porque venta muito e é congelante.

Bariloche fica junto à Cordilheira dos Andes que faz divisa com o Chile. Então se tiver um tempinho dá pra alugar um carro e dar uma passeada!

Mas o melhor de tudo pra mim foi me sentir uma criança de 31 anos esquiando e vendo aquela neve toda! Adorei e se puder repito todos os anos!

Ah, aproveite para ir no maior complexo de Esqui da América do Sul o Cerro Catedral, vá com calma e brinque igual criança!

Para conhecer um pouco mais do restaurante La Parrilla de Tony aqui está o link do facebook deles.

La Parrila de Tony

Av San Martin 574  

San Carlos de Bariloche, Argentina

Uma boa viagem e uma ótima semana a todos!!

Maionese de Batata

Quem nunca fez uma maionese de batatas pra acompanhar um churrasco, um almoço de família de final de semana hein?

Lembra muito os eventos em família, claro que cada um faz a salada de um jeito. Nada mais é do que uma salada de batata com maionese. Eu não fiz com maionese caseira, mas também dá pra fazer. Só é preciso muito cuidado para que não estrague logo, como deixar na geladeira sempre e não passar de 1 dia…

Juntar simplesmente ingredientes simples e transformar nesta delícia caseira… vamos programar já o próximo churrasco?!

Ingredientes:

  • 2 batatas médias
  • 100g de ervilha
  • 2 ovos cozidos
  • 1 cenoura cortada em cubos bem pequenos
  • 3 colheres de maionese
  • 1 galho de alecrim
  • salsinha e cebolinha
  • Sal, pimenta do reino e azeite à gosto

Descascar as batatas e cortar em cubos bem pequenos. Colocar para cozinhar junto com a cenoura. Quando estiver macia (não pode estar muito mole) escorrer a água e esfriar em água corrente. Corte o ovo cozido em cubinhos. Agora é só misturar tudo e decorar com ovo e tomate cereja.

Piapara na Brasa

Quem não gosta de um peixinho grelhado não?

A Piapara é um peixe de rio que não tem aquele sabor de barro, como a maioria dos pescados em rio. É um peixe muito saboroso das águas brasileiras. Não tem muitos espinhos, somente na parte dorsal mesmo, então se souber tirar a espinha inteira, praticamente todos os espinhos se vão junto.

Eu adoro fazer peixe na churrasqueira, é uma maneira diferente de preparo, não dá trabalho e nem faz aquela bagunça na cozinha. Além de ser bem mais leve do que o churrasco normal.

Faço um tempero que é tipo uma vinagrete e asso com o peixe. Fica uma delícia.

Ingredientes:

  • 1 piapara, sem cabeça de aprox. 1,5kg
  • 2 tomates cortados em cubos
  • 2 cebolas grandes cortadas em cubos
  • 3 ramos de alecrim
  • 1 maço de salsinha
  • 2 limões
  • 1 colher de sobremesa de mostarda
  • 3 colheres de sopa de maionese
  • Sal, azeite e pimenta do reino à gosto

A piapara deve ser aberta ao meio, como mostra a foto. Claro que ela já limpa para colocar o “recheio por cima”.

Em um recipiente misture bem os tomates, cebola, maionese, mostarda, alecrim, salsinha e limão. Coloque o peixe sobre o papel alumínio para ser mais fácil de colocar e tirar da churrasqueira sem que desmente, como uma cama para o peixe. Em seguida salpique sal e a pimenta. Coloque o vinagrete espalhando por todo o peixe e por cima coloque azeite.

Leve para a churrasqueira e espere mais ou menos 20 minutos até o peixe assar. Você vê quando está pronto com a ajuda de um garfo, mexer na carne do peixe e ela se soltar em lascas facilmente.

Aí é só comer com aspargos, camarões na brasa e o que mais gostar.