Muffin de laranja com gotas de chocolate

Oi Amores, tudo bem?

Esse muffin foi feito para comemorar um dia muito especial na minha vida, os dois meses da minha pequena. Na verdade para comemorar o amor e a felicidade que ela nos traz!

Dois meses de muito aprendizado, muita correria mas um amor tão grande que nem cabe em nós. Ninguém disse que a maternidade era fácil, temos nossas batalhas diárias é claro, mas não posso negar que é das fases mais gostosas que já vivemos por aqui.

Luíza encheu mais ainda nossos corações de alegria e mudou a nossa vida para melhor, por isso nada mais justo do que celebrar o nascimento dela com um bolinho a cada mês. O escolhido desse mês foi o muffin de baunilha com gotas de chocolate, foi uma receita super rápida de fazer mas ficou uma delícia.

Fica a dica para fazer em aniversários ou até num chá da tarde com os amigos. Além de ser uma ótima ideia para fazer com as crianças, elas adoram ajudar nessas receitinhas.

Vamos a receita?

muffin_gotaschocolate

Ingredientes

  • 3 ovos
  • ½ xícara de açúcar
  • ½ xícara de óleo
  • ½ xícara de suco de laranja
  • essência de baunilha a gosto
  • raspas de 1 laranja
  • 1 e ½ xícara de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • gotas ou raspas de chocolate (o quanto desejar)
  • Forminhas de papel para cupcake

Em um bowl coloque os ovos e o açúcar e bata na mão até que tudo se misture.

Acrescente o suco de laranja, as raspas, o óleo e a essência de baunilha e mexa mais um pouco.

Agora acrescente aos poucos a farinha de trigo e misture tudo até ficar uma massa homogênea.

Coloque o fermento por último e mexa só até misturar tudo.

Em uma forma de cupcakes coloque as forminhas de papel em cada buraco e despeje a massa nas forminhas.

O ideal é colocar mais ou menos 1/4 de massa dentro de cada forminha de papel.

Espalhe as gotas de chocolate por cima e leve ao forno pré aquecido a 180º por aproximadamente 20 minutos.

Mas fique de olho pois o tempo varia de acordo com cada forno, ou seja, pode demorar mais ou menos tempo. A dica é depois de uns 15 min abrir e fazer o teste do palito, se o palito sair limpinho desligue o forno e deixe esfriar um pouco.

Muffin pronto agora é só servir acompanhado de um chá ou café bem gostoso. 

Aproveite essa delícia!

 

*essa receita rende 10 muffins e não precisa de batedeira, a massa pode ser feita batendo na mão.

Anúncios

Alimentação da mãe e a cólica do bebê

Oi Amores, tudo bem?

Vim aqui conversar um pouquinho sobre a minha experiência com as cólicas da Luíza. Como vocês sabem ela está com 2 meses e é nessa fase que os bebês costumam ter as temidas cólicas. Por isso conversei com o pediatra dela e ele me explicou que as cólicas acontecem pois o aparelho digestivo do bebê ainda está amadurecendo, contou também que não há nada que comprove que alguns alimentos realmente dão cólica e que isso varia para cada bebê. Mas tem alguns alimentos são mais propícios a causar ou aumentar a intensidade da cólica.

Os mais comuns que podem desencadear as temidas cólicas são o leite e seus derivados, o chocolate e a cafeína em excesso e alguns alimentos que contem enxofre na composição (brócolos, couve de bruxelas entre outros)

A verdade é que isso varia muito tem bebê que não apresentam sintomas de cólica e tem outros que sofrem com elas o dia todo. No meu caso a Lulu tem cólica algumas vezes por dia em horários bem determinados, parece até um relóginho, além disso acabei notando um certo “padrão” por esse motivo vim aqui contar a minha experiência com a pequena.

Eu geralmente tento variar o meu cardápio diário para ficar mais nutritivo, evito ao máximo comer embutidos, cortei temperos industrializados e estava evitando comer chocolate. Pois bem, ainda assim Luíza começou a ter cólicas e nas primeiras vezes as “temidas” vinham de madrugada, a pequena acordava algumas vezes se contorcendo. Com o passar dos dias parecia que a dor vinha cada vez mais forte, o que fez com que eu começasse a prestar atenção no que poderia estar aumentando os sintomas.

Lembrando que a cólica é um processo natural do bebê e muitas vezes não tem explicação. Mas pesquisando sobre o assunto percebi que algumas coisas que comia na minha salada poderia estar piorando esse processo. Resolvi fazer o teste e comecei a perceber que nos dias em que eu não comia beterraba ou espinafre ela ficava bem e só acordava mesmo pra mamar. Com isso resolvi tirar a beterraba e descobri que realmente ela fazia a pequena se contorcer, conclusão eliminei da lista. Mas ela não foi a única entre os eliminados entraram também o iogurte (mesmo o sem lactose), espinafre, creme de leite (esse eu descobri depois de fazer um bolo com ganache e de comer strogonoff), brócolis e repolho.

Isso não fez com que ela parasse de ter cólicas, mas amenizou bastante o desconforto e o tempo de duração delas. As cólicas são normais para um bebê, já que elas fazem parte do processo de maturação do aparelho digestivo e isso quer dizer que a flora dela está sendo construída. Mas achei melhor evitar esses alimentos até que essa fase passe por completo, o que pode ser com 3 ou 4 meses.

De contra partida comecei a consumir chicória na salada e posso dizer que realmente ajuda muito a evitar e aliviar o desconforto dos bebês (pelo menos aqui em casa). A parte boa é que descobri que ela não tem cólica com chocolate, claro que se eu comer muito desencadeia mas consigo comer um quadradinho por dia. Aliás consigo comer também bolo e um pouco de brigadeiro, o que é uma grande felicidade para uma chocólatra como eu.

Se o bebê de vocês também tem cólicas, observe se as crises batem com os dias que comeram alguns alimentos e tentem evitar. Do mais as cólicas são normais nessa fase e pode durar até 5 meses, o jeito é ter paciência e encher os pequenos de colo e carinho.

Espero que tenham gostado!

Até a próxima!

Bolo de cenoura com ganache de chocolate

Oi Amores, tudo bem?

Com o dia das mães chegando nada melhor do que uma receita clássica e com gostinho de comfort food, daquelas que deixa a casa com cheirinho de casa e vó não é mesmo?

Pois é eu sou suspeita pois sou apaixonada por bolo de cenoura, além de achar que o melhor almoço e sobremesa para celebrar o dia das mães é aquele simples mas que a cada garfada traz boas memórias.

Então que tal fazer essa delícia para a sua mãe?

Vamos a receita?

bolo_cenoura

Ingredientes para a massa

  • 3 cenouras
  • 3 ovos
  • 3 xícaras de açúcar
  • 1 e ½ xícara de óleo
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher de sopa de fermento em pó

Primeiro de tudo vamos picar a cenoura em cubinhos para facilitar na hora de bater com os ingredientes.

No liquidificador bata os ovos, o açúcar, o óleo e as cenouras até que tufo fique bem misturado.

Em uma tigela coloque a farinha misturada com o fermento e acrescente a massa do liquidificador aos poucos

Mexa bem até que fique uma massa homogênea e coloque em uma forma untada e enfarinhada.

Leve ao forno a 180º por aproximadamente 40 minutos.

Faça o teste do palito para ver se o bolo está pronto!

Ingredientes para a cobertura

  • 180g de chocolate meio amargo
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 1 colher de chá de manteiga

Pique o chocolate e leve para derreter no microondas.

Lembrando que o chocolate precisa derreter em etapas. Primeiro coloque por 1 minuto, retire e mexa pra ver se não tem nenhum quadradinho inteiro, se tiver leve ao microondas por mais 30 segundos.

Depois que o chocolate estiver derretido misture o creme de leite até que fique homogêneo.

Finalize misturando uma colher de chá de manteiga. A manteiga vai dar brilho e não deixa a ganache açucarar com o tempo.

Desenforme o bolo e cubra com a ganache.

Sobremesa pronta, agora é só aproveitar!

 

Coletivo Gastronômico – Mac and Cheese

Oi Amores, tudo bem?

Conforme vocês viram no instagram do Lazz, temos novidades por aqui!

Agora o Lazz faz parte do Coletivo Gastronômico, um grupo criado por alguns blogueiros de gastronomia a fim de de juntar em um único lugar as nossas experiências, receitas e curiosidades do mundo gastronômico. Somos 14 blogueiros e de tempos em tempos vamos postar receitas temáticas nos nossos blogs e nas redes sociais do coletivo, o objetivo é passar passar para vocês dicas e visões diferentes sobre o mesmo tema.

Para estrear temos varias dicas de receitas de uma panela só para fazer no dia das mães, porque né nada melhor do que receitinhas praticas e rapidinhas para curtir melhor esse dia tão especial. A escolhida por mim foi esse delicioso Mac & Cheese!

Espero que gostem!

mac_cheese_logo

Ingredientes

  • ½ pacote macarrão tipo caracol ou penne
  • 5 colheres de creme de emmental
  • 100g de queijo Maasdam
  • ½ potinho de creme de queijo cheddar
  • 1 xícara de leite
  • pimenta do reino a gosto
  • 4 fatias de pão de forma
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • queijo parmesão a gosto

Em uma panela grande ferva a água para cozinhar o macarrão, lembre que a água do macarrão deve ser salgado como a água do mar. Então coloque aproximadamente 1 colher cheia de sal.

Coloque o macarrão para cozinhar, depois de cozido reserve.

Na mesma panela que cozinhamos o macarrão vamos fazer o molho de queijo, coloque um pouco de azeite e ponha um dente de alho pra dourar (se quiser).

Acrescente todos os queijos para que eles derretam e que fique tudo homogêneo, a dica é picar o Maasdam bem pequenininho para que ele derreta mais rápido, vá adicionando o leite aos poucos toda vez que perceber que os queijos estão grudando no fundo. Mexa até que a mistura fique homogênea e tempere com um pouco de pimenta.

Seu macarrão está pronto mas se quiser dar um toque especial.

Pré aqueça o forno a 180º.

Coloque o macarrão em uma travessa e misture o molho de queijo.

No liqüidificador ou em um processador triture o pão de forma até que vire uma farofinha grossa, misture essa farofinha na manteiga e espalhe em cima do macarrão.

Acrescente o queijo ralado e leve ao forno até dourar, demora mais ou menos uns 15 minutos.

Retire do forno e sirva. 

Bom Apetite!

Para conferir as outras receitas deliciosas do Coletivo Gastronômico, entre lá na página do Facebook e siga o nosso Instagram também para ver as novidades!

coletivo_painel

 

 

Bolão de Batata da vó

Oi amores tudo bem?

Como vocês já perceberam eu adoro uma receita conforto food, principalmente quando elas me lembram a infância. Minha avó não era daquelas que fazia mil comidas diferentes ou que toda semana tinha um bolo em casa, mas as comidas que ela fazia pra gente no dia a dia eram sempre deliciosas e ficaram marcadas na memória.

Um dos clássicos dela era esse “bolão de batata”, que nada mais é do que um tipo de escondidinho com a diferença de que além da camada de purê em cima também tem uma camada de purê embaixo. Deixando assim a carne no meio como se fosse o recheio do bolo.

Esses dias resolvi fazer aqui em casa para relembrar dos momentos com a minha avó, ficou uma delícia mas claro que não tanto quanto o dela rs.

Vamos a receita?

bolão_batata

Ingredientes

  • 5 batatas médias
  • 1 colher de manteiga ou margarina
  • o quanto baste de leite
  • 400g de carne moída (a carne da sua preferência)
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 tomate picado sem semente
  • 1 ovo cozido picado
  • orégano a gosto
  • salsinha a gosto
  • molho de tomate (medida a seu gosto)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • queijo parmesão para polvilhar

Em uma panela média cozinhe as batatas em água salgada até que elas fiquem bem molinhas. Depois que elas estiverem no ponto, desligue o fogo, escorra as batatas e esprema ou amasse para fazer o purê.

Ligue o fogo na temperatura baixa e coloquei a manteiga e o leite junto com o purê para dar a liga. Depois que estiver pronto reserve.

Em outra panela coloque um fio de azeite e a carne moída para refogar.

Quando a carne estiver mais marronzinha, adicione a cebola e o alho e refogue um pouco junto com a carne.

Acrescente o tomate picado e um pouco do molho de tomate. A quantidade de molho vai de gosto se você prefere a carne mais molhadinha coloque mais, no meu caso eu gosto dela com menos molho.

Junte o ovo picado e tempere com o orégano, salsinha, sal e pimenta do reino e reserve.

Agora vamos montar o prato

Em uma travessa espalhe o purê de batata no fundo, coloque uma camada de carne e por cima coloque mais uma camada de purê de batata.

Polvilhe o queijo parmesão em cima e leve ao forno pré aquecido a 200º até que o queijo fique douradinho.

 

Bolão de batata pronto, agora é só servir!

Bom apetite!

 

*Essa receita serve 3 pessoas

Rocambole de Carne

Oi amores, tudo bem?

Com a chegada da baby a rotina de casa ficou um pouco corrida, mas entre uma mamada e outra as vezes me arrisco e invento de fazer uma comidinha um pouco diferente. Isso porque ninguém merece comer todos os dias as mesmas coisas só com algumas variáveis não é mesmo?

Pois bem já tinha um tempo que estava querendo testar o tal rocambole de carne, mas achei que seria um pouco complicado de fazer e no fim acabei me surpreendendo.

Essa receita além de ser super fácil e rápida, também é mega versátil já que você pode fazer com o recheio que quiser e porque não no lugar da carne bovina utilizar frango moído, peru e por ai vai.

Enfim espero que gostem!

Vamos a receita?

rocambole_carne

Ingrediente

Carne

  • 500g de carne moída (usei patinho mas pode ser a que preferir)
  • 1 colher de chá de chia
  • 1 cebola picada em cubinhos pequenos
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 cenoura ralada
  • orégano a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto

Recheio

  • 1 abobrinha cortada em tiras finas
  • 4 fatias de peito de peru
  • pedacinhos de queijo branco
  • tomatinho cereja (o quanto baste)

Em um bowl coloque a carne moída, a cebola picada, o alho, a cenoura e os temperos e com as mãos misture tudo muito bem até que a massa fique bem homogênea.

Abra um pedaço de filme plástico e por cima dele abra a massa de carne como se vc estivesse forrando o papel filme, até que fique num formato retangular. Para ajudar a distribuir e ficar no formato retangular vá amassando com as pontas dos dedos, só tome cuidado para não ficar muito fino o ideal é te mais ou menos 1 dedo de altura.

Com a massa aberta agora é a hora de rechear, utilize o recheio que preferir.

Por aqui coloquei uma camada de abobrinha, uma camada de peito de peru, uma camada de queijo branco e os tomatinhos.

Agora é a hora de montar o rocambole, então com a ajuda o plástico filme vá enrolando a carne até o final. Dá uma apertadinha para não vazar nada na hora de assar e leve para o forno pré aquecido a 200º.

O ponto vai depender o seu forno, no meu demorou 30 minutos até que ficasse pronto e bem douradinho por cima.

Rocambole pronto agora é só servir!

Bom apetite!

Os benefícios dos chás na amamentação

Oi amores, tudo bem com vocês?

Sempre fui uma adoradora de chás mas depois que a Luíza nasceu descobri os benefício de alguns chás na amamentação. Quando ainda estava grávida já havia lido algumas coisas a respeito como alguns chás que ajudam a acalmar a cólica do bebê, outros que aumentam a produção de leite, que acalmam e por ai vai. Fiquei super interessada no assunto e resolvi me aprofundar mais pra entender melhor como funcionava, mas só consegui ver na prática mesmo depois da chegada da baby.

Com mais ou menos 1 mês e meio Luíza começou a ter cólicas e essa foi a deixa para testar a teoria dos chás, claro que junto com isso também faço algumas coisas para ajudar a acalmar mas isso fica para um outro post. Bom primeiro que não devemos dar chás aos bebês (a não ser que seu pediatra libere), então nesse caso quem toma é a mãe e através e os benefícios dele passam para o leite materno.

CHA

Foi ai que comecei a tomar o chá de erva-doce tomo mais ou menos duas vezes por dia, mas porque eu gosto mesmo. Esse chá tem efeito calmante, é bom para o aparelho digestivo tanto da mãe quanto do bebê e ajuda com as cólicas do neném. Eu confesso que estava meio cética quanto aos efeitos, mas comecei a notar que com o passar dos dias as cólicas dela ficavam menos intensas e nos dias em que eu não tomava aumentava. Enfim acabou virando rotina por aqui, todo café da manhã e lanche da tarde tem cházinho de erva doce.

cha_mamae

Além dele já tinha ouvido falar do famoso “Chá misto da mamãe” da Weleda, até que na primeira consulta com o pediatra ele recomendou que eu tomasse. Esse chá é composto de Alcarávia, funcho, erva-doce, melissa e rosa silvestre e ele tem como benefício ajudar na produção do leite materno. Na teoria a mistura dessas ervas aumentam a produção do leite e melhoram a qualidade dele, além de que elas separadamente tem os benefícios próprios. Enfim posso dizer que tenho tomado todos os dias desde que ela nasceu, acredito que ele ajuda sim na produção do leite mas confesso que nunca deixei de tomar para testar. Isso porque ele é tão gostoso que já faz parte da minha rotina noturna, tomo no meio no intervalo das mamadas e assistindo série com o marido. Tem coisa mais gostosa?

Enfim amores eu não sou nenhuma especialista em chás, mas aqui em casa esses dois tem funcionado muito bem. Ah e as vezes acabo tomando o de camomila antes de dormir, mas esse traz benefício pra mim é pra mim mesmo não pra ela.

Espero que gostem e que aproveitem essas dicas, só tomem cuidado pois assim como existem chás que são bons para a amamentação tem outros que não devemos tomar. Então antes de qualquer coisa pesquise.

Bjs

E bom chá para vocês!