Coletivo Gastronômico – Mac and Cheese

Oi Amores, tudo bem?

Conforme vocês viram no instagram do Lazz, temos novidades por aqui!

Agora o Lazz faz parte do Coletivo Gastronômico, um grupo criado por alguns blogueiros de gastronomia a fim de de juntar em um único lugar as nossas experiências, receitas e curiosidades do mundo gastronômico. Somos 14 blogueiros e de tempos em tempos vamos postar receitas temáticas nos nossos blogs e nas redes sociais do coletivo, o objetivo é passar passar para vocês dicas e visões diferentes sobre o mesmo tema.

Para estrear temos varias dicas de receitas de uma panela só para fazer no dia das mães, porque né nada melhor do que receitinhas praticas e rapidinhas para curtir melhor esse dia tão especial. A escolhida por mim foi esse delicioso Mac & Cheese!

Espero que gostem!

mac_cheese_logo

Ingredientes

  • ½ pacote macarrão tipo caracol ou penne
  • 5 colheres de creme de emmental
  • 100g de queijo Maasdam
  • ½ potinho de creme de queijo cheddar
  • 1 xícara de leite
  • pimenta do reino a gosto
  • 4 fatias de pão de forma
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • queijo parmesão a gosto

Em uma panela grande ferva a água para cozinhar o macarrão, lembre que a água do macarrão deve ser salgado como a água do mar. Então coloque aproximadamente 1 colher cheia de sal.

Coloque o macarrão para cozinhar, depois de cozido reserve.

Na mesma panela que cozinhamos o macarrão vamos fazer o molho de queijo, coloque um pouco de azeite e ponha um dente de alho pra dourar (se quiser).

Acrescente todos os queijos para que eles derretam e que fique tudo homogêneo, a dica é picar o Maasdam bem pequenininho para que ele derreta mais rápido, vá adicionando o leite aos poucos toda vez que perceber que os queijos estão grudando no fundo. Mexa até que a mistura fique homogênea e tempere com um pouco de pimenta.

Seu macarrão está pronto mas se quiser dar um toque especial.

Pré aqueça o forno a 180º.

Coloque o macarrão em uma travessa e misture o molho de queijo.

No liqüidificador ou em um processador triture o pão de forma até que vire uma farofinha grossa, misture essa farofinha na manteiga e espalhe em cima do macarrão.

Acrescente o queijo ralado e leve ao forno até dourar, demora mais ou menos uns 15 minutos.

Retire do forno e sirva. 

Bom Apetite!

Para conferir as outras receitas deliciosas do Coletivo Gastronômico, entre lá na página do Facebook e siga o nosso Instagram também para ver as novidades!

coletivo_painel

 

 

Bolão de Batata da vó

Oi amores tudo bem?

Como vocês já perceberam eu adoro uma receita conforto food, principalmente quando elas me lembram a infância. Minha avó não era daquelas que fazia mil comidas diferentes ou que toda semana tinha um bolo em casa, mas as comidas que ela fazia pra gente no dia a dia eram sempre deliciosas e ficaram marcadas na memória.

Um dos clássicos dela era esse “bolão de batata”, que nada mais é do que um tipo de escondidinho com a diferença de que além da camada de purê em cima também tem uma camada de purê embaixo. Deixando assim a carne no meio como se fosse o recheio do bolo.

Esses dias resolvi fazer aqui em casa para relembrar dos momentos com a minha avó, ficou uma delícia mas claro que não tanto quanto o dela rs.

Vamos a receita?

bolão_batata

Ingredientes

  • 5 batatas médias
  • 1 colher de manteiga ou margarina
  • o quanto baste de leite
  • 400g de carne moída (a carne da sua preferência)
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 1 tomate picado sem semente
  • 1 ovo cozido picado
  • orégano a gosto
  • salsinha a gosto
  • molho de tomate (medida a seu gosto)
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • queijo parmesão para polvilhar

Em uma panela média cozinhe as batatas em água salgada até que elas fiquem bem molinhas. Depois que elas estiverem no ponto, desligue o fogo, escorra as batatas e esprema ou amasse para fazer o purê.

Ligue o fogo na temperatura baixa e coloquei a manteiga e o leite junto com o purê para dar a liga. Depois que estiver pronto reserve.

Em outra panela coloque um fio de azeite e a carne moída para refogar.

Quando a carne estiver mais marronzinha, adicione a cebola e o alho e refogue um pouco junto com a carne.

Acrescente o tomate picado e um pouco do molho de tomate. A quantidade de molho vai de gosto se você prefere a carne mais molhadinha coloque mais, no meu caso eu gosto dela com menos molho.

Junte o ovo picado e tempere com o orégano, salsinha, sal e pimenta do reino e reserve.

Agora vamos montar o prato

Em uma travessa espalhe o purê de batata no fundo, coloque uma camada de carne e por cima coloque mais uma camada de purê de batata.

Polvilhe o queijo parmesão em cima e leve ao forno pré aquecido a 200º até que o queijo fique douradinho.

 

Bolão de batata pronto, agora é só servir!

Bom apetite!

 

*Essa receita serve 3 pessoas

Rocambole de Carne

Oi amores, tudo bem?

Com a chegada da baby a rotina de casa ficou um pouco corrida, mas entre uma mamada e outra as vezes me arrisco e invento de fazer uma comidinha um pouco diferente. Isso porque ninguém merece comer todos os dias as mesmas coisas só com algumas variáveis não é mesmo?

Pois bem já tinha um tempo que estava querendo testar o tal rocambole de carne, mas achei que seria um pouco complicado de fazer e no fim acabei me surpreendendo.

Essa receita além de ser super fácil e rápida, também é mega versátil já que você pode fazer com o recheio que quiser e porque não no lugar da carne bovina utilizar frango moído, peru e por ai vai.

Enfim espero que gostem!

Vamos a receita?

rocambole_carne

Ingrediente

Carne

  • 500g de carne moída (usei patinho mas pode ser a que preferir)
  • 1 colher de chá de chia
  • 1 cebola picada em cubinhos pequenos
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 cenoura ralada
  • orégano a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto

Recheio

  • 1 abobrinha cortada em tiras finas
  • 4 fatias de peito de peru
  • pedacinhos de queijo branco
  • tomatinho cereja (o quanto baste)

Em um bowl coloque a carne moída, a cebola picada, o alho, a cenoura e os temperos e com as mãos misture tudo muito bem até que a massa fique bem homogênea.

Abra um pedaço de filme plástico e por cima dele abra a massa de carne como se vc estivesse forrando o papel filme, até que fique num formato retangular. Para ajudar a distribuir e ficar no formato retangular vá amassando com as pontas dos dedos, só tome cuidado para não ficar muito fino o ideal é te mais ou menos 1 dedo de altura.

Com a massa aberta agora é a hora de rechear, utilize o recheio que preferir.

Por aqui coloquei uma camada de abobrinha, uma camada de peito de peru, uma camada de queijo branco e os tomatinhos.

Agora é a hora de montar o rocambole, então com a ajuda o plástico filme vá enrolando a carne até o final. Dá uma apertadinha para não vazar nada na hora de assar e leve para o forno pré aquecido a 200º.

O ponto vai depender o seu forno, no meu demorou 30 minutos até que ficasse pronto e bem douradinho por cima.

Rocambole pronto agora é só servir!

Bom apetite!

Os benefícios dos chás na amamentação

Oi amores, tudo bem com vocês?

Sempre fui uma adoradora de chás mas depois que a Luíza nasceu descobri os benefício de alguns chás na amamentação. Quando ainda estava grávida já havia lido algumas coisas a respeito como alguns chás que ajudam a acalmar a cólica do bebê, outros que aumentam a produção de leite, que acalmam e por ai vai. Fiquei super interessada no assunto e resolvi me aprofundar mais pra entender melhor como funcionava, mas só consegui ver na prática mesmo depois da chegada da baby.

Com mais ou menos 1 mês e meio Luíza começou a ter cólicas e essa foi a deixa para testar a teoria dos chás, claro que junto com isso também faço algumas coisas para ajudar a acalmar mas isso fica para um outro post. Bom primeiro que não devemos dar chás aos bebês (a não ser que seu pediatra libere), então nesse caso quem toma é a mãe e através e os benefícios dele passam para o leite materno.

CHA

Foi ai que comecei a tomar o chá de erva-doce tomo mais ou menos duas vezes por dia, mas porque eu gosto mesmo. Esse chá tem efeito calmante, é bom para o aparelho digestivo tanto da mãe quanto do bebê e ajuda com as cólicas do neném. Eu confesso que estava meio cética quanto aos efeitos, mas comecei a notar que com o passar dos dias as cólicas dela ficavam menos intensas e nos dias em que eu não tomava aumentava. Enfim acabou virando rotina por aqui, todo café da manhã e lanche da tarde tem cházinho de erva doce.

cha_mamae

Além dele já tinha ouvido falar do famoso “Chá misto da mamãe” da Weleda, até que na primeira consulta com o pediatra ele recomendou que eu tomasse. Esse chá é composto de Alcarávia, funcho, erva-doce, melissa e rosa silvestre e ele tem como benefício ajudar na produção do leite materno. Na teoria a mistura dessas ervas aumentam a produção do leite e melhoram a qualidade dele, além de que elas separadamente tem os benefícios próprios. Enfim posso dizer que tenho tomado todos os dias desde que ela nasceu, acredito que ele ajuda sim na produção do leite mas confesso que nunca deixei de tomar para testar. Isso porque ele é tão gostoso que já faz parte da minha rotina noturna, tomo no meio no intervalo das mamadas e assistindo série com o marido. Tem coisa mais gostosa?

Enfim amores eu não sou nenhuma especialista em chás, mas aqui em casa esses dois tem funcionado muito bem. Ah e as vezes acabo tomando o de camomila antes de dormir, mas esse traz benefício pra mim é pra mim mesmo não pra ela.

Espero que gostem e que aproveitem essas dicas, só tomem cuidado pois assim como existem chás que são bons para a amamentação tem outros que não devemos tomar. Então antes de qualquer coisa pesquise.

Bjs

E bom chá para vocês!

Lombo com Crosta de Ervas

Oi Amores, tudo bem?

E ai já sabem o que vão fazer no fim de semana?

Ultimamente tiro o fim de semana para curtir mais ainda o marido, com a chegada da baby por aqui estamos priorizando mais momentos juntos. Então se eu já adorava fazer receitinhas diferentes agora então estou cada vez mais inspirada. Caso você ainda não sabe exatamente o que fazer no fim de semana, que tal juntar as pessoas que você mais ama na vida e fazer um almoço ou jantar bem gostoso pra curtir todo mundo?

Então a dica de hoje é esse delicioso Lombo com Crosta de Ervas que vai surpreender seus convidados e deixar o momento ainda mais especial!

Vamos a receita?

lombo_crosta_ervas

Ingredientes

  • 1 lombo de aproximadamente 1,5kg
  • 1 cebola picada
  • 4 dentes de alho amassados
  • Suco de 1 limão
  • 1 xícara de vinho branco seco
  • Ervas picadas para empanar (salsa, alecrim, manjericão e sálvia)
  • Azeite
  • sal e pimenta do reino a gosto

Lave bem o lombo e faça vários furos por toda a carne, para que o tempero penetre bem.

Coloque o lombo em uma travessa para fazer o marinado.

Tempere com sal, pimenta do reino, suco de limão, vinho branco seco, alho amassado, cebola e salsinha. Feche a travessa com plástico filme, coloque na geladeira e deixe marinando de um dia para o outro (nesse período vire o lombo algumas vezes).

Pré aqueça o forno a 200º.

Enquanto isso pincele azeite no lombo e com as mãos coloque as ervas misturadas por cima do lombo como se formasse uma crosta.

Feche com papel alumínio e leve ao forno para assar por aproximadamente 30 minutos.

Ao passar esse tempo retire o papel alumínio e deixe assar por mais 30 minutos ou até dourar.

Sirva com batatinhas e com os acompanhamentos que desejar, vou deixar abaixo algumas dicas.

Bom fim de semana e aproveite essa delícia!

 

Dicas de acompanhamento para o lombo:

 

Gravidez: Primeiro e Segundo Trimestre

Oi amores, tudo bem?

Vim aqui para contar um pouquinho para vocês sobre como tem sido a minha gestação, essa fase mágica mas ao mesmo tempo muito doida. Acho que nunca antes vi transformações tão grande no meu corpo e no psicológico, hoje consigo definir a gestação como uma fase de descobrimento interno. É um momento em que você para para refletir sobre as coisas que já aconteceram na sua vida, sobre o que ainda vai acontecer e começa a se analisar também se conhecer melhor e descobrir coisas a seu respeito que você nem imaginava. Bom nesse post vou contar um pouquinho de como foi o primeiro e o segundo trimestre e no próximo falo um pouco mais sobre a fase que estou vivendo agora do terceiro trimestre de gestação, ok? Vamos lá?

Primeiro Trimestre

Desde o primeiro trimestre já dá para notar que o corpo está mudando e os hormônios estão a mil. Pra mim o primeiro trimestre pareceu mais como que uma TPM só que 10x mais intensa (tadico do marido), mas junto com isso veio o tão temido enjoo. Pois é eu enjoei muito no primeiro trimestre e não era com um cheiro específico era com tudo até o maravilhoso cheiro de cebola refogada me deixava mais verde que o Hulk e tinha que abortar a missão de cozinhar com isso acabava comendo mais fora do que em casa e ainda assim dependia muito do cheiro que estava o restaurante. Mas se teve algo que eu não conseguia comer de jeito nenhum foi o CHOCOLATE, logo eu uma chocólatra que não ficava sem um quadradinho por dia não conseguia nem pensar na possibilidade de ver essa delícia na frente.

Ah aliás junto com o enjoo veio também um sono incontrolável, eu era daquelas que dormia em qualquer lugar a qualquer momento mesmo se estivesse falando com alguém. Sempre fui meio soneca, mas nessa fase estava surreal!

No primeiro trimestre também já consegui perceber algumas modificações no corpo, a barriguinha já queria dar as caras mas ela parecia mais com uma pança de chopp do que com barriga de grávida (rs rs). O cabelo milagrosamente parou de cair e segue assim até hoje e minha pele que estava lisinha até então parecia mais um chokito (exagerada!).

Mas estava tudo sobre controle porque esperei tanto por esse momento que acabei nem ligando muito para os sintomas e estava mesmo era ansiosa para ver as ultrassonografias, queria muito saber se era menino ou menina e se estava tudo bem com o neném. Logo na segunda ultra já consegui saber que quem estava a caminho era a Luíza e só conseguia pensar em laços, vestidos e sapatinhos. Imagina que fofura um mini ser com lacinhos na cabeça? Ohn!

1

Segundo Trimestre  

Sempre ouvi que o segundo trimestre é aquele em que a mulher tem mais pique, os enjoos somem e o sono da uma trégua. Pois bem posso dizer que por aqui foi quase isso, os enjoos realmente desapareceram e foi uma felicidade imensa descobrir que eu conseguia comer chocolate de novo (sim sou doida por chocolate), também me senti muito mais disposta tinha muito mais pique para fazer as coisas e passear por ai, mas o sono esse ainda me pegava um pouco e eu simplesmente apagava e dormia o que não foi nada mal também.

Mas nesse semestre acontece algo mágico, você começa a sentir o neném mexendo e no primeiro momento confesso que fiquei confusa se era isso mesmo mas quando me dei conta foi uma emoção e tanto. O marido ainda não conseguia mexer a principio mas depois que sentiu o primeiro chute da Luíza se derreteu todo. Outra coisa é que a  barriga começa a ganhar formato e crescer numa velocidade impressionante, parece que a cada vez que passava no espelho ela estava maior mas como toda grávida eu realmente queria que ela crescesse e aparecesse logo.

Ah nessa fase também começamos a comprar as primeiras coisas para a Luíza, as primeiras roupinhas, o primeiro mordedor e já estávamos pesquisando sobre os móveis que colocaremos no quartinho dela. Desde antes de engravidar já tínhamos decidido o estilo do quarto dela de acordo com o que se encaixa na nossa vida e nas nossas filosofias, já sabíamos também que linha de educação e tipos de estímulos que vamos seguir para o desenvolvimento dela. Mas tudo isso vai ser um post a parte, quem sabe um vídeo sobre o quarto da Lulu, né?

Acho que com tudo isso o segundo trimestre pode ser considerado como aquele em que a ficha realmente caiu, as ultrassonografias começaram a ser mais frequentes e com isso conseguimos ver a Luíza mais vezes. Já começávamos a decidir as coisas sobre a sua chegada e a curtir mais esse momento tão especial. Mas confesso que as vezes parava pra pensar no quão doido era aquilo tudo.

foto01

Bom amores é isso, espero que estejam gostando de acompanhar esse momento delicioso das nossas vidas e aguardem que vem mais posts desses por ai!

Boa semana a todos!!

Quando descobri que estava grávida

Esse com certeza vai ser um dos posts mais diferentes e especiais que já fiz por aqui, mas com certeza o primeiro de uma nova série que pretendo iniciar esse ano aqui no blog. Com a descoberta da gestação e da maternidade tenho sentido essa vontade de compartilhar sobre essa nova fase, minhas experiências e sensações desse momento tão mágico mas que ao mesmo tempo muda tanto a nossa vida. Vou contar um pouquinho de como descobri que estava grávida e como tem sido a gestação até agora.

Sou dessas mulheres que sempre sonhou em ser mãe, parece meio clichê mas sempre que me perguntavam o que eu queria ser quando crescesse a primeira coisa que vinha na minha cabeça era ser mãe. Aliás não só mãe como me via casada com filhos. Enfim o tempo foi passando, encontrei o Thi, casamos e um bom tempo depois veio o desejo de ter filhos.

Ai descobrimos que não era assim tão fácil assim engravidar, sim o psicológico conta muito como eu estava muito ansiosa isso com certeza acabou atrasando as coisas. O que eu achava que ia demorar poucos meses acabou demorando 1 ano e meio, eu sei que tem muita gente que espera mais do que isso mas ainda que tenha sido “pouco tempo” pareceu uma eternidade.

O clichê da história não para por ai, no primeiro semestre desse ano estava tão empenhada com as coisas aqui do blog e em paralelo marido havia saído de férias, acabou que esqueci completamente do assunto. Não que a vontade não existisse mais, mas estava mais ocupada pensando em outras coisas. Até que num belo domingo, uma semana antes do meu aniversário e 1 dia depois de ter ido na casa de uma amiga (Oi San!) e ficado bem mareada com os cheiros da receita que estávamos fazendo, eu resolvi fazer um teste de farmácia já que estava atrasada mas não acreditava que pudesse estar grávida.

Até que 15 minutos depois “tadaaaa” dois pauzinhos e o tão sonhado positivo, junto com ele veio também 3 meses de puro enjôo e um sono sem fim. Aliás por isso dei uma sumida daqui do blog, fazer comida era praticamente impossível nesse período. Mas não posso negar que a felicidade tomou conta e por mais enjoada que estivesse sempre fui grata por esse momento mágico da gestação.

teste_farmacia

Hoje estou com exatamente 33 semanas e 2 dias, na reta final da gestação bem pertinho do momento em que vamos poder pegar a Luíza nos braços e ai sim embarcar no mundo da maternidade. Mas que essas semanas passem devagar para continuar aproveitando cada segundo e que a Lulu venha no tempo dela e cheia de saúde.

foto02

Acho que me empolguei né?

Bom no próximo post conto mais sobre essa experiência que estamos vivendo aqui em casa e provavelmente além de receitas o Lazz vai ficar cada vez mais recheado de posts como estes, com algumas dicas também. Como eu disse esse ano é o ano das transformações e nada mais justo que o Lazz se transformar também não é?

Torta de Chocolate

Oi Amores, tudo bem?

Fim de semana chegando e eu não consigo parar de pensar nas sobremesas, como uma boa formiga que sou já fico desejando as gostosuras antes mesmo delas estarem prontas rs rs.

Na ceia de Ano Novo fiz uma torta de chocolate que foi um sucesso por aqui, ela é super fácil de fazer e muito, mais muito gostosa. Além disso combina com qualquer tipo de cardápio, então se você vai receber amigos ou família em casa super recomendo essa receita.

Aliás gostei tanto da praticidade da receita que já estou testando outros sabores, aguardem! 

torta_chocolate

Ingredientes

  • 250g de biscoito de chocolate recheado
  • 7 colheres de manteiga ou margarina sem sal
  • 350g de chocolate meio amargo
  • 1 e ½  xícara de creme de leite de caixinha

Para a base:

Em um liqüidificador coloque os biscoitos aos poucos e vá triturando no modo pulsar.

Coloque os biscoitos em um bowl e acrescente a manteiga derretida, mexa com uma colher até que tudo esteja misturado.

Passe a mistura para uma forma com fundo removível e vá espalhando pelo fundo e pelas bordas com a ponta dos dedos. Espalhando e pressionando para que a massa fique mais juntinha, não se desesperem porque a massa é “esfarelenta” mesmo.

Leve ao forno pré aquecido a 180º por 15 minutos.

Retire do forno e deixe esfriar

Para o recheio:

Pique o chocolate meio amargo e coloque-o junto com o creme de leite, em um recipiente que possa ir para o microondas.

Leve o microondas por 30 segundos para derreter o chocolate, retire e mexa. Caso não tenha derretido tudo leve por mais 30 segundos, retire e mexa novamente. Se depois disso o chocolate não estiver 100% derretido leve por mais 10 segundos.

Depois da ganache estar homogênea reserve e deixe esfriar por uns 15 minutos na geladeira.

Para a montagem:

Para montar é simples, só pegar a forma com a base da torta e colocar a ganache por cima espalhando bem para deixar o recheio nivelado.

Coloque um filme plástico em cima da torta, bem grudadinho mesmo para não entrar ar, e leve para a geladeira por pelo menos 2 horas ou até a hora de servir.

 

Ah a sugestão é servir essa delícia com sorvete de creme ou de menta!

Aproveite essa delícia e bom apetite!

Farofa de Banana

Oi Amores, tudo bem?

Nada mais gostoso nesse verão que juntar os amigos para fazer um churrasco não é?

Agora imagina fazer um churrasco no primeiro fim de semana do ano só para celebrar a amizade e se divertir. Pois é mas além de muita carne gostosa não podemos esquecer dos clássicos acompanhamentos como aquela vinagrete, o pãozinho de alho e a farofa. Ah a farofa!

Não sei vocês mas aqui em casa somos apaixonados por farofa, tanto que ela está presente em quase todas as refeições por aqui. Já repararam que esse acompanhamento super versátil, pode ser feito com diversos tipos de farinhas e ingredientes e fica sempre muito gostoso?

É aquela receita que quase não dá para errar.

Por esse motivo a receita de hoje é a deliciosa Farofa de Banana, adoro a mistura agridoce mas nunca havia feito com farinha de mandioca bitu (que é geralmente a farinha que uso para as minhas farofas aqui em casa). Enfim o que acontece é que ficou tão gostoso que resolvi compartilhar essa receita com vocês e pode ter certeza que combina absurdamente com carne vermelha e com peixe também.

Bom chega de bla bla bla e vamos a receita?

farofa_banana

Ingredientes

  • 3 bananas nanicas
  • 2 ovos
  • 150g de bacon
  • farinha de mandioca biju
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho esmagado
  • 2 colheres de manteiga
  • azeite
  • sal e pimenta do reino a gosto

Corte as bananas em cubinhos e reserve.

Em uma frigideira média coloque o bacon cortado em cubinhos e doure-os. Depois que já estiverem dourados separe em um pratinho para usar mais tarde.

Refogue a cebola e o alho na gordura do bacon e na mistura de manteiga com azeite.

Quebre os ovos e mexa como se fosse fazer ovos mexidos sabe?

Acrescente as bananas, o bacon e a quantidade que desejar de farinha.

tempere com sal e pimenta do reino e agora é só servir!

Aproveite essa delícia e um ótimo churrasco!

Risoto de Palmito

Oi Amores, tudo bem?

Amanhã é o último dia do ano e pra mim também é um dia de refletir. Geralmente tiro um tempinho para pensar nas coisas que aconteceram no ano que passou, agradeço pelas coisas boas e vejo os pontos em que preciso melhorar. Além disso tomo aquele banho gostoso para renovar as energias e foco os meus pensamentos em energias positivas e nas metas pro novo ano que está chegando. Como vocês sabem esse ano vai ser um tanto especial, pois tem uma pequena chegando por aqui então provavelmente será um ano de transformações, descobertas, muito aprendizado mas também muito amor.

Minha meta aqui pro blog é aumentar as receitinhas gostosas, compartilhar um pouco das minhas experiências com o mundo da maternidade e tirar do papel algumas ideias que tenho na cabeça que não foi possível fazer nesse ano de 2015!

Mas enquanto isso que tal mais uma receitinha para deixar a sua ceia ainda mais gostosa, a ideia de hoje é inovar com esse delicioso risoto de palmito. Rápido, prático e super delicioso! 

Ah e assim como ontem no final do post tem dica de outras receitas para uma ceia completa!

Vamos lá?

risotto_palmito

Ingredientes

  • 1 lata de palmito
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho amassado
  • 2 xícaras de arroz carnarolli ou arbóreo
  • 50g de tomate cereja
  • queijo pecorino ralado (pode ser o parmesão também)
  • 1 colher de manteiga
  • caldo de legumes
  • ½ xícara de vinho branco seco

Cozinhe os palmitos, pique em cubinhos e reserve.

Em uma panela média refogue a cebola e o alho em um fio de azeite.

Acrescente o arroz carnarolli e refogue junto até que ele fique levemente transparente.

Despeje o vinho branco e misture até que o álcool evapore.

Acrescente os tomates cerejas picados e misture.

Agora é a hora de ir acrescentando a água com o caldo de legumes aos poucos, se você for usar caldo de legumes caseiro vá adicionando concha por concha e mexendo sempre até que o arroz cozinha e fique al dente. Se for usar caldo de legumes industrializado, dilua ele em 500ml de água morna e faça o mesmo processo a cima, adicione concha por concha.

O arroz demora mais ou menos 20 minutos para cozinhar. Dica: a agua não pode secar totalmente, o risoto precisa ficar al dente e com um caldo cremosinho.

Coloque os palmitos, misture junto ao arroz.

Finalize com uma colher de manteiga e com o queijo pecorino.

Ah não esqueça de acertar o sal!

Risoto pronto aproveite essa delícia e Feliz 2016!

 

Para deixar sua ceia ainda mais gostosa, segue abaixo algumas receitinhas!

ceia2

  1. Entrada: Canapé de Salmão defumado
  2. Salada: Ceviche de Camarão
  3. Prato Principal: Brandade de Camarão
  4. Sobremesa: Tiramisù

Espero que gostem!