Pimenta Recheada com Carne Seca e Cream Cheese

Fui num boteco outro dia e tinha a tal da pimenta recheada com provolone, aí fui experimentar pra ver se era muito apimentado ou não. Nossa, me surpreendi!

Adorei o sabor, mas achei que ficou muito engordurado com o provolone que tem muita gordura. Então resolvi fazer em casa essa noite de petiscos e recheei com carne seca! Gostei mais…

Sem mais delongas vamos à receita.

Ingredientes:

  • 200g de carne seca cozida, dessalgada e desfiada
  • ½ cebola em cubos
  • 1 tomate em cubos sem semente
  • 2 dentes de alho picados
  • 3 colheres de sopa de cream cheese
  • Salsinha
  • 8 pimentas dedo de moça de tamanho médio ou grande
  • Sal à gosto
  • Ovo, farinha de trigo e de rosca para empanar

Primeiro vamos fazer o recheio, para poder esfriar e rechear a pimenta. Refogue a cebola e o alho, junte o tomate e a carne seca e por último o cream cheese e a salsinha.  Acerte no sal e reserve.

Para trabalhar com a pimenta é melhor usar luvas, porque o ardor fica nos dedos e demora pra sair, então evita que encoste no olho ou boca e arda.

Lavar bem as pimentas, fazer um corte no sentido do comprimento das pimentas, mas não de ponta a ponta, somente no meio. Tirar as sementes de dentro com ajuda de uma faca ou colher pequena, ou mesmo com os dedos. Vamos fazer um processo agora para diminuir o ardor delas. Em água fervente, coloque as pimentas já sem as sementes e deixe por 1 minuto. Repita este procedimento de 3 a 5 vezes, dependendo do seu gosto. Quanto mais vezes fizer este procedimento, menos apimentado fica. Eu fiz por 4 vezes e achei suficiente. Escorra as pimentas e seque com papel toalha. Agora é só rechear com a mistura feita. Pode rechear bem. Depois para empanar, passe na farinha de trigo, depois no ovo e por último na farinha de rosca. Frite-as em óleo quente e escorra no papel toalha. Elas ficam bem sequinhas!

Para combinar e compensar o ardidinho, use o Sour Cream para dippar ou colocar por cima!

Com uma cervejinha vai muito bem!

Molho de Espinafre

Esses dias estava aqui em casa doida pra comer um molho diferente, porque como uma boa descendente de italiana aqui não pode faltar massa e molho caseiro rs rs.

Ai lembrei da receita do molho pesto, como não tinha manjericão e nem pinoli, resolvi tentar fazer com espinafre e juntar essa receita com a minha receita normal de molho de tomate.

O resultado está ai embaixo, e você pode tentar fazer na sua casa também.

Vamos a receita?

molho_espinafre

 

Ingredientes

  • 3 xícaras de folha de espinafre
  • 1 cebola
  • 1 dente de alho
  • 2 tomates picados e sem semente
  • azeite, pimenta do reino e orégano a gosto
  • o quanto baste de água

Primeiro de tudo separei todos os ingredientes, cortei as cebolas e os tomates em cubos e separei tudo para facilitar na hora do preparo.

Em uma panela pequena refogue o alho com um filete de azeite, adicione as folha de espinafre para refogar também. Acrescente meia xícara de água e deixe o espinafre cozinhar, caso seja necessário acrescente um pouco mais de água pois vamos triturar o espinafre e é necessário que ainda tenha um pouco de líquido.

Pegue uma panela média e refogue a cebola em um filete de azeite, acrescente os tomates e coloque água aos poucos para o tomate amolecer e virar um molho, o ideal é que coloque +/- meia xícara de água por vez. Deixe essa parte do molho cozinhando.

Enquanto isso, coloque o espinafre com o cadinho dele em um liqüidificador (ou um processador) e vá apertando o pulse para que ele triture. O ideal é que ele triture pouco, fique com pedaços médios e não fique com aparência de pasta.

Depois de triturar o espinafre, passe para a panela em que está o molho com o tomate e tempere com sal, azeite, pimenta e orégano a gosto. Deixe cozinhar um pouco, prepare o massa de sua preferência e é só servir.

Esse molho é bem versátil e fica uma delícia. 

Aproveite essa receita!!!

Piapara na Brasa

Quem não gosta de um peixinho grelhado não?

A Piapara é um peixe de rio que não tem aquele sabor de barro, como a maioria dos pescados em rio. É um peixe muito saboroso das águas brasileiras. Não tem muitos espinhos, somente na parte dorsal mesmo, então se souber tirar a espinha inteira, praticamente todos os espinhos se vão junto.

Eu adoro fazer peixe na churrasqueira, é uma maneira diferente de preparo, não dá trabalho e nem faz aquela bagunça na cozinha. Além de ser bem mais leve do que o churrasco normal.

Faço um tempero que é tipo uma vinagrete e asso com o peixe. Fica uma delícia.

Ingredientes:

  • 1 piapara, sem cabeça de aprox. 1,5kg
  • 2 tomates cortados em cubos
  • 2 cebolas grandes cortadas em cubos
  • 3 ramos de alecrim
  • 1 maço de salsinha
  • 2 limões
  • 1 colher de sobremesa de mostarda
  • 3 colheres de sopa de maionese
  • Sal, azeite e pimenta do reino à gosto

A piapara deve ser aberta ao meio, como mostra a foto. Claro que ela já limpa para colocar o “recheio por cima”.

Em um recipiente misture bem os tomates, cebola, maionese, mostarda, alecrim, salsinha e limão. Coloque o peixe sobre o papel alumínio para ser mais fácil de colocar e tirar da churrasqueira sem que desmente, como uma cama para o peixe. Em seguida salpique sal e a pimenta. Coloque o vinagrete espalhando por todo o peixe e por cima coloque azeite.

Leve para a churrasqueira e espere mais ou menos 20 minutos até o peixe assar. Você vê quando está pronto com a ajuda de um garfo, mexer na carne do peixe e ela se soltar em lascas facilmente.

Aí é só comer com aspargos, camarões na brasa e o que mais gostar.

Mjadra ou Arroz com Lentilhas

Não sei vocês mas eu adoro comida árabe, as vezes quando comemos no Almanara o prato que mais peço é o Mjadra, tenho uma paixão especial por ele que é um prato simples mas saboroso de tudo.

Mjadra nada mais é do que arroz com lentilha e cebola caramelizada em cima. Um prato árabe típico da região da Síria, que se popularizou pelo mundo na época das guerras por ser fácil de transportar e conservar.

Enfim, fiquei com vontade de fazer aqui em casa juntei algumas receitas e me surpreendi com o resultado. Ficou muito gostoso, só não fiz com a cebola porque um dia antes tinha colocado cebola demais no guacamole e fiquei com um pouco de trauma. rs rs

mjadra

Ingredientes

  • 2 xícaras de arroz branco
  • 2 xícaras de lentilha
  • 2 cebolas
  • 1 dente de alho picado
  • sal e pimenta do reino a gosto

Pique uma cebola em cubinhos pequenos e reserve metade. Doure em uma panela média e coloque a lentilha para pegar um pouco do sabor. Coloque 3 xícaras de água para que a lentilha cozinhe um pouco e dê uma amolecida.

Quando a lentilha estiver al dente, desligue o fogo e reserve.

Em outra panela coloque a outra metade da cebola picada, amasse o alho e coloque o arroz. Refogue um pouco, acrescente a lentilha e coloque 5 xícaras de água. Deixe cozinhar até que a água seque toda.

Se for necessário no meio do caminhos acrescente um pouco mais de água, para que o arroz cozinhe bem.

Depois de pronto retire do forno e reserve.

Para fazer a cebola caramelizada: Coloque um filete de azeite em uma frigideira, corte a cebola em rodelas finas e frite as rodelas no azeite. Quando ela estiver bem dourada, retire da frigideira e coloque em cima de papel toalha para que absorva um pouco do azeite.

Coloque as cebolas em cima do Arroz com Lentilha e está pronto.

Aproveite essa delícia!!

 

Paella de Frutos do Mar

Fazia muito tempo que tinha vontade de tentar fazer uma paella que ficasse bem próxima da que uma conhecida que é da Espanha faz. A dela é a melhor que já comi na vida.. claro…

Mas consegui fazer uma paella que ficou com um gosto muito parecido com a que ela faz! Só que ela faz a tipo Valenciana que vai carne de frango e porco. Adoramos frutos do mar e não quis misturar os outros tipos de carne. O mais complicado é o tempero, porque não é somente colocar açafrão que dá certo. O Açafrão deve ser o espanhol que não tem o mesmo sabor do açafrão da terra, mais comum aqui no Brasil.

Enquanto procurava no mercado, encontrei um tempero pronto espanhol para aella que chama Paellero da marca Carmencita, que já vem o açafrão e a páprica em proporções corretas. Vamos à receita…

Ingredientes:

  • 12 camarões grandes
  • 200g de lulas limpas
  • 400g de polvo limpo
  • 300g de mexilhão cozido com concha
  • 1 ½ xícara de arroz parbolizado
  • ½ saquinho do tempero Paellero
  • ½ pimentão vermelho
  • ½ pimentão amarelo
  • ½ pimentão verde
  • 100g de vagem
  • ½ cenoura
  • 2 cebolas

Primeiro vamos cozinhar o polvo e fazer nosso caldo de peixe para cozinhar o arroz. Numa panela de pressão coloque o polvo cortado em pedaços grandes com a cenoura e meia cebola, cubra com água e conte 20 min após começar a chiar a panela. Enquanto isto, pique o restante da cebola em pedaços grossos, os pimentões em fatias e a vagem em fatias. Corte também as lulas em fatias grandes. Deixe a quantidade de mexilhões para decorar nas conchas e o restante pode separar tirar das mesmas. Separe 4 camarões com casca para decorar e o restante tire as cascas e as cabeças e guarde. Não jogue fora as cabeças e cascas pois vamos usar no caldo de peixe.

Depois de cozido o polvo, tire a pressão e retire os pedaços de polvo para não continuar cozinhando. Guarde para o final. Na água de cozimento do polvo coloque as cabeças e as cascas dos camarões e cozinhe por mais 10 minutos, até que o gosto fique na água. Depois de cozido coa a água que vai ser utilizada e separe a cebola.

Numa panela de paella ou wok (no meu caso) doure a cebola, inclusive a que estava no caldo. Acrescente a vagem, a lula, o camarão e refogue um pouco. Junte o tempero do sachet e misture bem.

Coloque o arroz e em seguida o caldo de peixe que fizemos (o dobro da quantidade de arroz). Tampe a panela e abaixe o fogo. Deixe cozinhar e quando estiver quase no final do cozimento acerte o sal e coloque o polvo e os mexilhões sem concha. Em uma outra frigideira doure os pimentões e os camarões para a decoração.

Quando o arroz estiver cozido é só decorar o prato e aproveitar esta delícia!

Carne Moída com Ovos

Hoje vou mostrar pra vocês uma receita que vem de longe na minha família!

Minha avó sempre que faz carne moída,  sobra (porque ela não faz comida pra pouca gente). E aí vem a delícia que eu esperava comer mais no dia seguinte do que a própria carne moída do dia.

A gente lá em casa chama de Ovos à Bordelaise, mas não dei este título, porque não é a base do molho original bordelaise que é francês e tem como ingredientes principais o vinho tipo Bordeaux e manteiga.

Mas lá em casa sempre que falarmos ovos à bordelaise sabemos que é esse prato, que vem desde a minha bisavó, minha vó, mãe e agora eu. E é uma delícia, uma maneira de reaproveitar as sobras da geladeira!

O melhor de tudo é  deixar a gema mole e molhar com pão francês!

Vamos à receita…

Ingredientes:

  • Carne  moída de sobra (com legumes, do jeito que cada um faz)
  • 1 colher de molho de tomate
  • 1 ovo por pessoa

Em uma frigideira espalhe a carne moída e faça buracos para colocar os ovos, não precisam ser buracos grandes e em cada buraco coloca-se 1 ovo.  Acrescente uma pitada de sal em cima de cada ovo e aí espere o ovo cozinhar. A carne moída em contato com a frigideira fica bem fritinha, deliciosa. se quiser acelerar o processo jogue um pouquinho de água na frigideira e já tampe com uma tampa que cobra tudo.

Pronto agora é só molhar a gema com pão francês e comer…

Batata Rústica

Oi amores, e ai como foram de carnaval? 

Vamos combinar que esses 2 dias pós carnaval dá uma preguiça, aquela vontade de não fazer muita coisa e ficar em casa quietinho.

Pensando nisso resolvi dar uma dica aqui de um acompanhamento rápido e super gostoso, as batatas rústicas. É super rápidinho de fazer e vai bem com quase tudo e é uma ótima idéia pra petiscos também.

Bom vamos a receita?

batatas_rusticas

 

Ingredientes

  • 4 batatas médias com casca
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • alecrim a gosto
  • azeite a gosto

Lave bem as batatas e coloque-as em uma panela para cozinhar por aproximadamente 20 minutos. Cozinhe as batatas inteiras e com casca.

Pré aqueça o forno a 180º.

Corte as batatas em tiras grossas.

Unte a forma com um pouquinho de azeite, coloque as tiras de batata e regue com um filete de azeite em cima.

Tempere com pimenta do reino, sal e alecrim a gosto.

Leve as batatas para o forno, e deixe assar por aproximadamente 15 minutos ou até que elas dourem.

E pronto, batatas rústicas prontinhas para servir! 

Aproveite essa receita e boa semana!

Temaki de Salmão com Couve Crisp

Nada melhor para curar a ressaca do carnaval nessa quarta-feira de cinzas do que um Temaki! Aquela comida leve que vai começar a semana do detox pra muita gente!

Eu, particularmente, sou viciada em temaki, ainda mais porque posso fazer em casa na hora que quiser, sem muito trabalho. E ainda melhoro fazendo ele com muito mais salmão do que arroz, coisa que a maioria dos restaurantes não faz.

Vamos então à esta receita rápida e muito viciante.

Ingredientes:

  • 400g de salmão em cubos
  • 200g de arroz japonês cozido
  • 100g de cream cheese light
  • 1 folha de couve cortada em tiras finas
  • Furikake (tempero japonês)
  • 3 folhas de alga tipo Nori

Em um recipiente misturar bem o cream cheese e os cubos de salmão. Frite (imersão) a couve em tiras numa frigideira com óleo ou azeite e coloque para escorrer no papel toalha.

Dica para fazer o arroz:

Lave bem o arroz próprio para sushi, esfregando-o com as mãos, até a água ficar transparente. Coloque em numa panela e junte água que fique 2 dedos acima da altura do arroz. Deixe descansar por 30 minutos. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos ou até o grão ficar macio. Retire a panela do fogo e deixe descansando, tampada, por cerca de 5 minutos.
Em um recipiente misture 1 colher (sopa) de vinagre de arroz, 1 colher (chá) de açúcar e meia colher (chá) de sal. Misture até ficar bem dissolvido. Transfira o arroz para uma tigela grande e acrescente a mistura de vinagre, incorporando delicadamente com a ajuda de uma espátula. Deixe esfriar em temperatura ambiente, antes de utilizar.

Para montar o Temaki:

Para montar o temaki faça o seguinte. As folhas de nori tem várias listras que são usadas para marcar os cortes para os diferentes pratos. No caso do temaki, você tem que cortar a folha ao meio, porque para cada temaki vai meia folha de nori.

Após cortado ao meio, segure a alga na mão (para que o retângulo da folha fique de comprido, ou seja, fica só a metade esquerda na mão e o resto pra fora) e coloque uma colher de sopa de arroz cozido nesta metade na parte de baixo do retângulo, e espalhe somente nesta metade esquerda. Coloque duas colheres de salmão em cubos com o cream cheese nesta metade esquerda inteira na diagonal.

Enrole pegando a ponta do canto inferior esquerdo com os dedos indicador e o polegar e leve até a extremidade superior esquerda do arroz. Vá enrolando com a mão direita até formar um cone. Para colar a alga use uma gotinha de água na ponta.  Com o cone feito, coloque por cima a couve crisp, o furikake e agora é só comer e aproveitar!

** Esta receita rende 6 temakis dependendo da quantidade de recheio colocada.

Crepe de Chocolate com Nutella

Ieii é Carnavaaal!!! 

Adoro carnaval, samba, desfile, fantasia, toda essa folia e alegria que esses feriado traz. Nada mais divertido do que colocar a fantasia e sair atrás de um bloco. Mas se você está passando o carnaval em casa, não desanime, aproveite para ligar o som alto com o estilo de música que gosta e sai dançando e fazendo folia pela casa.

E então para ajudar a matar a fome, antes ou depois do bloco vai uma receitinha super prática de fazer, que fica uma delícia e é ótima também para curar a ressaca.

Vamos lá?

crepe_chocolate

Ingredientes 

  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 3 xícaras de água
  • 1 ovo
  • 3 colheres de sopa cacau em pó
  • 1 colher de café de essência de baunilha
  • 1 colheres de chá de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • o quanto baste de Nutella para rechear

Em um liqüidificador coloque todos os ingredientes, menos a Nutella, e bata até que vire uma massa homogênea.

Aqueça uma frigideira untada com manteiga.

Com uma concha coloque um pouco da massa no meio da frigideira e mexa ela em movimentos circulares para que a massa espalhe bem.

Deixe a frigideira em fogo baixo, depois que a massa soltar do fundo e dourar um pouco vire para cozinhar o outro lado.

A dica é fazer toda a massa primeiro e reservar para depois rechear tudo.

Para rechear coloque uma quantidade generosa de Nutella em uma das metades do crepe, dobre por cima a parte e leve a frigideira só para dar uma aquecida.

Retire da frigideira e o seu crepe está pronto para servir!

Se preferir sirva com uma bola de sorvete em cima que dá um rostinho bem especial a receita.

Umm ótimo Carnaval a todos, ziriguidum!!!