Fricassê diferente

Esse prato é especialmente importante pra mim, foi uma receita que minha avó viu na televisão uma vez mas ela acabou modificando um pouco. No fim a receita virou uma tradição na familiar, sabe daquelas que está presente em quase todos os encontros da família?

A curiosidade desse prato é que a primeira vez que minha avó serviu, todos batizaram o prato com o nome de gororoba rs. Mas sem dúvida alguma é a gororoba mais deliciosa que já comi na vida.

Vamos a receita?

Ingredientes

  • 3 batatas médias
  • 500g de frango moído ou desfiado
  • ½ cebola picada
  • alho a gosto
  • 1 lata de milho verde
  • salsinha picada
  • ½ pote de requeijão
  • 1 tablete de caldo de galinha
  • sal e pimenta a gosto
  • batata palha a gosto

Cozinhe as batatas até que fique no ponto para preparar um purê. Prepare o purê da maneira que preferir, eu faço ele com um pouco de queijo ralado, leite, uma colher de chá de margarina e sal a gosto e reserve.

Em uma panela média doure as cebolas, o alho e coloque o frango para cozinhar, quando ele estiver meio rosado coloque o caldo de galinha (eu uso aquele de esfarelar) e tempere com a salsa, al e pimenta. Caso você não ache frango moído, compre um peito de frango desossado e cozinhe em uma panela de pressão ja com o caldo de galinha, deixe esfriar e depois desfie.

Misture o milho verde junto com o frango e reserve.

Pré aqueça o forno a 180º.

Forre a travessa de vidro funda (ou qualquer outra que possa ir ao forno) com o purê de batata, coloque ele com as mãos e cubra todo o fundo e a lateral da travessa. Após fazer isso, coloque a mistura do frango com o milho verde, por cima do frango coloque o requeijão e tente espalhar aos poucos. Se preferir também pode colocar um pouco de queijo ralado em cima. Leve ao forno e deixe dourar.

Depois que a superfície estiver toda dourada, retire do forno e sirva com batata palha.

Esse prato é delicioso, espero que gostem.

Bom apetite!!

Anúncios

4 comentários sobre “Fricassê diferente

  1. Também estive presente na degustação dessa “gororoba” e, ao contrário do que o nome pejorativo possa sugerir, é um prato muito bonito, com uma apresentação excelente e o sabor incomparável. Com tudo isso ao invés de gororoba, podia se chamar Delícia da Vó, Desbunde de sabor da Vó!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s