Bolinho de risoto

Lembram do risoto de calabresa que postei essa semana?

Pois bem, como tinha sobrado um pouco dele aqui em casa, eu resolvi no dia seguinte aproveitar e fazer um bolinho de arroz. Confesso que não gosto muito de desperdiçar, então sempre que dá eu invento alguma coisa com as sobras que estão na geladeira.

Essa receita é a mesma que uso pra fazer bolinho de arroz, a única diferença é que não frito o bolinho, eu costumo fazer no forno. Gosto dele mais sequinho, mas pode fritar também, não tem problema  e ele fica bem gostoso.

O bom é que além de muito gostoso ele é uma ótima opção de petisco para servir num encontro de amigos. Como é feito de risoto você ainda consegue surpreender as visitas!

bolinho_risoto

Ingredientes

  • 2 xícaras de arroz
  • 2 ovos
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • ½ xícara de leite
  • ½ xícara de queijo ralado
  • farinha de mandioca flocada ou farinha de rosca  (o quanto baste para empanar)
  • salsinha picada a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto

Em uma tigela misture o arroz, o queijo ralado, a salsinha picada, o sal e a pimenta do reino com os ovos. Mexa bem até formar uma massa homogênea.

Adicione aos poucos a farinha de trigo e o leite mexa devagar até dar o ponto do bolinho.

Com as mãos pegue um pouco da massa e faça bolinhas para formar o bolinho. Passe o bolinho na farinha de sua escolha.

Em uma na frigideira, aqueça o óleo de sua preferencia, coloque os bolinhos e deixe-os fritar até dourar.

Caso prefira assar: Pré aqueça o forno a 180º por 10 min, coloque os bolinhos no forno e asse por aproximadamente 10 min, ou até dourar.

Agora é só servir e curtir essa delícia!

 

*essa receita rende +/- 15 bolinhos

 

 

 

Bardega, um Happy Hour diferente!

Ahhhh a sexta-feira!!! O dia em que acordamos já pensando no final da tarde!

Hoje é dia de sair, descontrair e iniciar os trabalhos do final de semana!

Vou dar hoje uma dica de um happy hour diferente! Fui, no final de semana passado, num bar de vinhos o Bardega Wine Bar, em São Paulo. Já tinha lido sobre o conceito da casa e como eu amo vinho juntei a turminha de sempre e fomos conhecer esta Adega vestida de Bar.

Pra quem gosta de novidades, como eu, vai adorar o conceito desta nova casa em SP que tem uma decoração muito aconchegante à meia luz e som ambiente.

O conceito de degustação de vinhos dos mais variados rótulos, qualidades e valores se torna possível através de um equipamento bem novo, trazido ao Brasil que é a Enomatic. São 12 máquinas no total e elas são geniais! Conservam a bebida e suas características, liberando somente a dose que o cliente deseja. Você pode escolher dentro das opções de aproximadamente 100 rótulos de vinhos do velho mundo, novo mundo, brancos, sobremesas e champagnes (devo estar esquecendo mais algum tipo, pois são muitos) a dose que quer degustar entre 30, 60 e 120 ml.

Um sistema interativo, onde na entrada você recebe um cartão com um chip que você mesmo utiliza indo até as máquinas e escolhendo o vinho que deseja degustar, e assim os valores vão contabilizando no seu cartão individual.

Eu experimentei doses de 30 e 60 ml de vinhos da Itália, França e o que mais gostei de Portugal chama-se Quinta do Perdigão Reserva 2006. Não sou enóloga, então não consigo passar a vocês detalhes técnicos, mas sim foi o que me agradou mais o meu paladar.

Enquanto escolhemos vinhos e degustamos, pedimos alguns pratos da casa. Eles têm um conceito de degustação até na parte da comida, onde na verdade você não vai jantar no Bar e sim degustar acompanhamentos feitos para harmonizar com os vinhos.

Pedimos uma porção fria de uma seleção de 7 tipos de queijos acompanhados de geléia de frutas vermelhas, damasco e pimenta. Você consegue sentir realmente as diferenças dos vinhos com cada tipo de queijo, como brie, parmesão, roquefort, entre outros. Além de a apresentação ser muito fofa e sofisticada.

Outro acompanhamento que pedimos foi o Bolinho de Panceta com conserva de pimenta Cumari. Que delícia de bolinhos, sequinhos e com bastante panceta para nos deliciarmos. A conserva tem um toque adocicado, o que faz com que não seja um trabalho doloroso e ardido, morder as pimentas com o bolinho.  Não tenho fotos para mostrar pois ficaram tremidas e muito escuras.

Resumindo a experiência, é um lugar muito diferente, que adorei. Não é dos mais baratos (em média R$ 90 por pessoa), mas vale a pena conhecer e se divertir com os amigos!

Aproveitem o final de semana para entrar neste mundo dos degustadores de vinhos!

Deixe seu comentário, perguntas ou sugestões, ficaremos felizes em responder!

Banana Caramelada

Quando eu penso em banana caramelada, vou direto para as memórias da minha infância. Minha vó era formiguinha igual a mim, confesso que sou um pouco viciada em doce, mas especialmente nos dias chuvosos como hoje ela se inspirava e acabava fazendo um docinho pra animar a tarde.

No geral ela ia de bolinho de chuva, qualquer dia posto pra vocês, mas o que eu mais curtia mesmo era a banana caramelada. Além de ser bem gostosa, adorava incrementar e fazer umas combinações.

Resolvi aproveitar os dias chuvosos pra fazer a receita, e não é que ela é rapidinha de fazer além de super saborosa.

Ingredientes

  • 5 bananas
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 xícara de água fervente

Em uma frigideira, derreta a manteiga e coloque as  bananas sem casca para dourar. Retire-as do fogo e reserve.

Pegue uma panela média e espalhe bem todo o açúcar no fundo, deixe-o derreter em fogo baixo.

Quando o açúcar estiver derretido e com uma cor de caramelo clarinho, adicione a água fervente e mexa para dissolver todo o açúcar.

Adicione as bananas, mexendo delicadamente para que elas não quebrem. Deixe cozinhar por +/- 3 minutos, para que elas fiquem bem carameladas.

Retire do fogo e sirva com o que preferir.

Nas minhas bananas eu costumo colocar Nutella e queijo tipo Frescatino, mas fica uma delícia também com um sorvete de creme.

Aproveite essa receita deliciosa, depois conte para nós como ficou =)

*essa receita rente +/- 5 porções

Calabresa Acebolada

Quarta-feira significa que já conseguimos ver o final de semana apontando!  Que tal uma comidinha de boteco para antecipar um gostinho de sexta-feira?

Hoje sendo dia de jogo de Futebol, o marido adora tomar uma cervejinha e chamar os amigos pra assistir o jogo como se estivesse num boteco.

Uma receita fácil, rápida de fazer e não deixa muita bagunça na cozinha, porque ninguém merece ficar horas arrumando tudo depois da jantinha!

Ingredientes:

  • 2 linguiças calabresas, de marca boa
  • 1 ½  cebola grande
  • 30 ml de Conhaque (medida de copinho tipo shot)
  • Torradas e pão fatiado
  • Salsinha e cebolinha para decorar

A bebida pode ser substituída por cachaça, vodka ou pinga, o que tiver em casa. Como não tinha cachaça usei o Conhaque. Mas uma cachaça Busca Vida ou de alambique dão outro sabor ao prato.

Corte as linguiças em rodelas finas e reserve. Corte a cebola em rodelas finas também, porque são mais rápidas de dourar e ficam mais bonitas visualmente.

Pique a quantidade que deseja de salsinha e cebolinha para jogar por cima e dar uma cor no prato.

Em uma frigideira frite as calabresas até que percam um pouco da gordura e fiquem com aspecto “torradinho” nas bordas. Não é necessário óleo ou azeite, pois a própria gordura da calabresa já faz esta função.  Quando as calabresas estiverem quase no ponto adicione metade do Conhaque na frigideira. Cuidado com o vapor que faz. Reserve as linguiças fritas.

Agora vem a parte da cebola. Na mesma frigideira doure as fatias da cebola até que fiquem transparentes. Neste momento adicione o restante da bebida na frigideira. Deixe evaporar e junte a calabresa que já foi frita.

Pronto não é super-rápido de fazer?

Você pode servir num recipiente só com as torradas e pães ao lado.

Mas a Dica hoje é dar uma refinada no seu petisco e servir como Finger Food, em panelinhas individuais que fazem o prato ficar mais fofo e personalizado. Utilize ainda uma tabua de madeira para colocar as torradinhas ao lado.

Agora é só degustar e aproveitar o papo com os amigos! 

Qualquer dúvida ou sugestão deixe o seu comentário aqui, ficaremos felizes em respondê-lo.

*Esta receita rende 6 porções individuais.

Lulas Recheadas na Brasa

Que tal sair um pouco da rotina? Acenda a brasa e vamos lá!

Queria sair da rotina de um churrasco de carne convencional. Tinha no freezer lulas já limpas e pensei, porque não inventar um pouco? Juntar duas comidas que amo: Lulas e churrasquinho na brasa.

Não é que ficou sensacional?! Hoje é um dos mais pedidos pelo meu marido e convidados de churrascadas!

Eu tenho habito de utilizar não carvão tradicional e sim lenha de eucalipto que deixa um sabor diferente, meio “amadeirado” no churrasco.

Então vamos lá! Acenda o fogo e vamos ao que interessa…

Ingredientes:

  • 4 Lulas limpas de tamanho médio (com tentáculos e tudo)
  • 1 tomate cortado em cubos
  • 1 ovo
  • Meia cebola média cortada em cubos
  • 1 dente de alho picado (ou uma colher de café de alho picado pronto sem sal)
  • 1 xícara de farofa pronta
  • Azeite
  • Sal e pimenta à gosto

Corte os tentáculos da lula em pedacinhos e reserve. Bata o ovo com um garfo para que fique homogêneo e reserve.

Em uma panela aqueça um fio de azeite e doure as cebolas em cubos. Acrescente em seguida o alho picado e deixe dourar mais um pouco. Em seguida coloque o tomate em cubos e mexa até que derreta um pouco.  Acrescente o ovo batido e mexa bem para que não grude no fundo da panela (tipo ovo mexido). Agora sim pode juntar os tentáculos, que não precisam cozinhar muito senão eles encolhem e somem. Por último junte a farofa pronta. Acerte o sal, pimenta e azeite (para que fique úmida) à gosto.

Depois da farofa pronta, pegue as lulas e recheie com o auxílio de colher.

Não coloque farofa até a boca, pois a lula encolhe um pouco e o recheio acaba saindo.

Feche a lula com palitos de dentes e pronto! Para a churrasqueira! Vire quando estiver dourada e corte em rodelas!

Aproveite! Qualquer dúvida ou sugestão deixe o seu comentário aqui, ficaremos felizes em respondê-lo.

Risoto de Calabresa

Pra começar bem a semana, porque não um prato saboroso e super prático de fazer?

Vou confessar que sou apaixonada por risoto, adoro comer e está entre os pratos salgados que mais gosto de fazer, só perde para o salmão com alcaparra.

Esse prato é famoso aqui em casa, o marido adora e por conta disso acabo fazendo várias vezes. A idéia dele surgiu de um dia em que estava com vontade de comer calabresa mas não queria fazer ela da forma clássica, frita com cebola, achei um pacotinho de arroz arbóreo por aqui e resolvi juntar as duas coisas. E não é que deu certo?

Ingredientes

  • 2 ½  linguiças calabresa do tipo fitinha
  • 2  xícaras de arroz arbóreo
  • 1 tablete de caldo de legumes
  • ½ cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • ½ xícara de vinho branco
  • 500 ml de água
  • 1 colher de manteiga
  • queijo parmesão ralado a gosto
  • sal e pimenta do reino a gosto

Aqueça a água e o caldo de legumes em uma panela média e deixe ferver.

Em outra panela adicione um pouco de azeite, cebola picada e deixe dourar um pouco. Na sequência coloque também o alho e a linguiça calabresa picada, cozinhe em temperatura média até dourar.

Acrescente o arroz, misture bem e despeje o vinho branco. Assim que o vinho secar em fogo médio adicione aos poucos, uma concha de cada vez, a mistura de água com caldo de legumes com o arroz, mexendo sempre até o arroz ficar al dente (aquele ponto meio durinho).

Por fim coloque o queijo parmesão e a colher de manteiga, misture bem e já está pronto para servir.

Agora é só provar! Qualquer dúvida ou sugestão deixe o seu comentário aqui, ficaremos felizes em responde-lo.

*Essa receita rende de 2 a 3 porcões o tempo médio de preparo é de 40 minutos.

Bolo de KitKat

Bem Vindos ao Lazz Gourmet!! 

Eu, Dani Lazzarini, e minha irmã Bianca Lazzarini, vamos postar aqui algumas de nossas receitas preferidas e contar um pouquinho as nossas experiências culinárias.

Como é dia das crianças, nada melhor do que começar com um bolo delícia de KitKat. Essa receita é bem especial para nós duas, pois foi a primeira vez que fomos para a cozinha juntas. Como somos apaixonadas por chocolate aproveitamos para roubar uns chocolatinhos, raspar a massa do bolo e comer um pouco do brigadeiro. Foi uma diversão e tanto!!

Não tem coisa melhor do que se divertir cozinhando!!

bolo kit_kat

Ingredientes da Massa

Massa:

  • 3 ovos
  • 2 xícaras de açúcar
  • 3 colheres de sopa de margarina
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 1 ½  xícara de suco de laranja
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 xícara de chocolate em pó
  • 14 embalagens de KitKat e um saco de confeito de chocolate para a montagem 

Pré aqueça o forno a 180°C.  Bata as claras em neve e reserve.

Bata na batedeira as gemas com a margarina até formar uma massa homogênea meio esbranquiçada. Acrescente o açúcar e bata até ficar homogêneo. Coloque intercaladamente o suco de laranja, a farinha e o chocolate em pó. Após tudo misturado junte o fermento em pó. Desligue a batedeira misture claras em neve na massa, mexendo cuidadosamente até incorporar tudo.

Unte uma forma redonda (sem furo no meio) de 30 cm de diâmetro com óleo (ou margarina) e farinha de trigo. Coloque no forno para assar durante 30 a 40 min, o tempo varia dependendo do forno. Para ver se o bolo está bom após 30 min faça o teste com um palito. Fure o bolo e se o palito sair limpo é porque a massa está boa. Retire do forno e deixar esfriar para poder desenformar sem quebrar a massa.

Ingredientes para o brigadeiro

  • 2 latas de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 3 colheres de sopa de chocolate em pó
  • 1 colher de margarina

Enquanto o bolo assa misture o leite condensado, o chocolate em pó e a margarina em uma panela média. Cozinhe a mistura em fogo médio, mexendo sem parar até desgrudar do fundo da panela (ponto de brigadeiro de colher). Retire do forno e deixe esfriar. Depois que esfriou vá acrescentando o creme de leite aos poucos até o brigadeiro ficar cremoso e fácil de espalhar.

Montagem do bolo

Desenforme a massa e corte-a ao meio, para poder rechear. Molhe a massa com o suco de uma laranja, caso seja necessário. Em uma das metades coloque um pouco do brigadeiro, só o quanto baste para não vazar dos lados. Coloque a outra metade acima sem apertar.

Coloque o resto do brigadeiro como cobertura no topo e nas laterais .

Agora pegue os KitKat e coloque cuidadosamente ao redor do bolo bem próximos um dos outros. Se achar que o KitKat ficou muito grande pra altura do bolo, pode dar uma cortadinha no comprimento, lembrando que ele precisa ser pelo menos 2 dedos mais alto que o bolo para poder colocar os confeitos de chocolate sem que caia dos lados.

Na sequência amarre uma fita de cetim, da cor que preferir, e dê um laço bem bonito. Não precisa apertar muito, só para que os chocolates não descolem ou abram um vão de bolo. Por último coloque os confeitos em formato de coração no topo do bolo.

Pronto!! Um bolo lindo que a criançada com certeza vai adorar!!